10 dicas nas dietas ricas em fibras

Mantenha uma constante na quantidade de fibras diárias, considere a necessidade de um …

1- Tenha sempre em mente que uma dieta rica em fibras melhora: – Obstipação crônica – Doença coronariana – Hemorróidas – Diabetes mielitus – Doença diverticular dos cólons – Colesterol elevado – Síndrome do cólon espástico (irritável) 2- Tente ao menos dobrar a sua ingestão de fibras ao dia – O recomendado é de 20 a 35 gramas ao dia

3- Procure entender o que são as fibras e de o­nde elas vêm: Fibras insolúveis: – Cereais – Trigo/ farelo de trigo – Grãos Fibras solúveis: – Farelos – Frutas – Aveia/ farelo de aveia – Verduras 4- Substitua a dieta rica em gorduras por rica em fibras 5- Mantenha uma constante na quantidade de fibras diárias, considere a necessidade de um complemento em fibras se você: – Viaja muito – Come na empresa ou em restaurantes – Acha difícil conseguir opções alimentares suficientes 6- Aumente a quantidade de fibras gradualmente 7- O aumento da ingestão de líquidos é imprescindível 8- Adicione tanto fibras solúveis como insolúveis 9- Escolha alimentos ricos em fibras. Os alimentos ricos em fibras se incluem em uma das seguintes categorias: . folhas , talos, cascas, sementes e bagaços. Assim sendo todo vegetal que teoricamente peneirado deixasse um resíduo seria classificado como rico em fibras. Ex.: couve, alface, brócolis, couve-flor, repolho, almeirão, rúcula, agrião, mandioca, salsão, casca de feijão, bagaço de frutas em geral, etc. Existe no mercado pronto para a venda e a baixo custo o farelo e o germe de trigo, ambos ricos em fibras. Fonte: www.psicobesidade.com.br

 

Deixe uma resposta