5 dicas para prevenir o câncer colorretal

História pessoal de doença inflamatória

 

1. O câncer colorretal tem maior risco de aparecer em pessoas de idade. Nos EUA são mais de 150.000 casos ao ano 60.000 mortes relacionadas em 1990 Aumenta a incidência após os 40 anos de idade A maior incidência está entre os 65 e 74 anos 2. O câncer colorretal está associado a: – Dieta pobre em fibras – Fatores hereditários – Presença de pólipos intestinais – Exposição de longa data a agentes tóxicos 3. O fatores de riscos que estão associados a doença são: – Idade acima de 40 anos – Dieta pobre em fibras – História prévia de câncer de mama ou ginecológico – História familiar de câncer colorretal ou pólipos adenomatosos – História pessoal de câncer colorretal ou pólipos adenomatosos – História pessoal de doença inflamatória intestinal (colite ulcerativa ou doença de Crohn)

 

4. Medida preventivas e diagnóstico precoce pode salvar vidas: – Adotar dieta rica em fibras e baixa em gorduras – Introduza alimentos ricos em cálcio e com vitaminas C, A e D – considere a possibilidade do uso de suplementos – Faça exames periódicos para detectar a doença precocemente – Reduza o consumo de gorduras para menos de 30% das calorias ingeridas/dia – Procure manter uma média de 25 a 30 gramas de fibras/ dia , incluindo vários vegetais, farelos, grãos e frutas – Diminua o consumo de álcool ou pare se possível – Diminua o consumo de alimentos condimentados, defumados ou secos (charque e carne de sol) 5. Procure seu médico para: – Exames retais anuais de rotina após os 40 anos – Exame para pesquisa de sangue oculto nas fezes a cada ano a partir dos 40 anos de idade – Sigmoidoscopia flexível a cada 3-5 anos a partir dos 50 anos de idade – Iniciar precocemente os testes se tiver algum familiar com história de câncer colorretal. Fonte: www.psicobesidade.com.br

Deixe uma resposta