A importância da camisinha

Embora a camisinha seja um dos métodos contraceptivos mais divulgados

 

 

Embora a camisinha seja um dos métodos contraceptivos mais divulgados, seu uso ainda está cercado de equívocos e preconceitos. Muitos ainda duvidam da importância do hábito de usá-la, geralmente porque não têm clareza sobre os riscos que podem correr. Ou então porque acreditam que a camisinha “atrapalha” a relação sexual. Veja algumas informações e orientações: Além de importante contraceptivo, a camisinha é um dos principais métodos para a prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST), como Aids, gonorréia, sífilis, hepatite B, herpes genital, verruga genital (HPV), entre outras. São doenças sérias, que podem trazer uma série de riscos e complicações à saúde. Preveni-las depende muito da conscientização de cada um. Nesse processo, informação e camisinha, sem dúvida, são instrumentos bastante eficazes! As pessoas costumam alegar vários motivos para não usar camisinha: desconforto, confiança na parceira, vergonha, medo, entre outros.

 

No entanto, nenhuma dessas razões são suficientes quando se reconhece o risco que se pode correr. O uso da camisinha não deve causar constrangimentos, mas mostrar cuidado com a parceira ou parceiro sexual e consigo mesmo. O medo e a vergonha podem ser superados em virtude do benefício que pode ser alcançado com o uso do preservativo. Os homens costumam dizer que a camisinha atrapalha a ereção, porque é necessário fazer uma pausa para colocá-la. No entanto, é possível revestir o ato de colocar a camisinha de eroticidade. Os parceiros podem pensar várias formas criativas de estimular a ereção no momento em que param para revestir o pênis com o preservativo. Outro aspecto importante para garantir o sexo seguro é o diálogo: a conversa pode evitar constrangimentos e equívocos e preservar os bons momentos que o sexo pode proporcionar. Dicas sobre como usar o preservativo: – Retire o preservativo da embalagem individual somente no momento em que for usá-lo. – Não rasgue a embalagem com os dentes para não correr o risco de danificar a camisinha. – Mantenha a camisinha longe do sol e da umidade. – Não utilize o preservativo mais de uma vez. Em caso de dúvida sobre como usar o preservativo, procure um médico ou o profissional do núcleo de saúde do seu bairro. Fonte: saudebrasilnet

Deixe uma resposta