A importância da esfoliação para beleza da pele

Deixar a pele bem lisinha, sem marcas, manchas

 

Cuidados com a pele e os beneficios da esfoliação Hidratantes, anti-sinais, creme para os olhos, loção para celulite, filtro solar, maquiagem. Quanto mais cheia sua nécessaire, mais congestionada fica a sua pele. Para que você possa tirar melhor proveito desses aliados é preciso esfoliar. A esfoliação, ou peeling, é responsável por renovar as células que, naturalmente, descamam e se depositam sobre a pele. Benefícios da esfoliação. Deixar a pele bem lisinha, sem marcas, manchas, acnes, aspereza e estimular a produção de células novas, com mais colágeno e hidratadas, estás são as principais funções da esfoliação. “A pele esfoliada também está melhor preparada para receber o sol e não ficar com cores diferentes porque está uniforme” Quais as partes do corpo podem ser esfoliadas?

 

A esfoliação trata e prepara a pele para a temporada de sol. “Há áreas da pele que acabam acumulando mais células mortas e a esfoliação pode igualar e deixar o ph mais parecido em todo o corpo”. Pernas, braços, costas e abdome são os maiores alvos e podem recebê-la uma vez por semana. “O colo e pescoço devem ser preservados porque são áreas muito suscetíveis à manchas e irritações”. Como garantir uma boa esfoliação? A esfoliação é bem simples, basta deixar a pele limpa, e se preparar para minutos de massagem com movimentos circulares isso otimiza o resultado e, de quebra, ajuda a melhorar a circulação. “Não há necessidade de aplicar muita força para não ferir a pele. Movimentos bruscos podem, inclusive, machucar a pele sem nenhum acréscimo ao tratamento.

Preste atenção aos movimentos, que devem ser suaves, circulares e repetitivos. Uma dica é usar óleo de banho antes de esfoliar, isso vai deixar a pele hidratada”. Quando fazer a esfoliação? A esfoliação é uma ótima pedida dois dias antes de tomar sol, antes da depilação e dois dias depois, e sempre que se notar a necessidade de remover a células mortas da pele. As sessões devem acontecer, em média, uma vez por semana para peles normais e ressecadas. Já os tipos oleosos devem receber o tratamento de duas a três vezes por semana. As peles sensíveis, no máximo, uma vez por mês. Depois da esfoliação, a pele precisa ser hidratada. Cuidados Pele com acne inflamada, ferimentos aparentes, psoríase ou vitiligo não devem se submeter à esfoliação sem orientação médica. Dicas: Esfoliar não significa limpar. Assim, a limpeza de pele continua sendo importante, sobretudo nos tratamentos faciais. Depois do banho, os poros ficam mais abertos por conta do vapor da água, facilitando a esfoliação. Uma boa esfoliação antes da depilação ajuda na remoção dos pêlos encravados. A dica também vale para os homens na hora da barba.

Deixe uma resposta