A necessidade e a importância da vitamina C para as crianças

A quantidade de vitamina C existente no leite materno é suficiente para que os bebês cresçam

 

Nos primeiros meses de vida, uma alimentação equilibrada e fortificada com vitaminas na dose certa é essencial para o crescimento e desenvolvimento dos bebês. A vitamina C é uma delas é necessária ao bom funcionamento do organismo. Para esclarecer a respeito da importância da vitamina C para os bebês, a Agência Fiocruz de Notícias conversou com a pediatra Marlene Assumpção, do Instituto Fernandes Figueira (IFF). Qual a função da vitamina C? Em quais alimentos ela pode ser encontrada? Marlene: A vitamina estimula o sistema imunológico, promove maior resistência às infecções, auxilia no processo de cicatrização de feridas e retarda o envelhecimento precoce. Entre as principais fontes de vitamina C estão as frutas (laranja, goiaba, limão, abacaxi, acerola, morango, caju) e as hortaliças (tomates, couve, pimentão, folhas verdes). O consumo de vitamina C durante as refeições aumenta a absorção do ferro presente nos alimentos, ajudando na prevenção da anemia nas crianças e adultos. Quem mama no peito precisa de vitamina C? Marlene: A quantidade de vitamina C existente no leite materno é suficiente para que os bebês cresçam e se desenvolvam adequadamente. Sendo assim, o aleitamento materno deve ser fonte exclusiva de alimentação do bebê até os seis meses de vida. A partir desta idade, o organismo da criança já está preparado para receber alimentos diferentes do leite materno. A dose recomendada é de 60mg de vitamina C por dia, que pode ser suprida com a ingestão de suco de frutas. Vale lembrar que o suco deve ser consumido logo após o preparo para evitar a perda da vitamina. O leite materno se torna mais rico em vitamina C se a mãe ingerir alimentos que contenham esta vitamina? Marlene: A quantidade de vitamina C no leite materno depende da alimentação da mãe. É importante que a mãe lactante ingira alimentos ricos em vitamina C para que seu filho receba o leite materno com maior quantidade desta vitamina. Que efeitos colaterais a carência de vitamina C pode causar ao organismo da criança? Marlene: A criança que não receber quantidades diárias suficientes de vitamina C ficará mais propensa a apresentar comprometimento da pele, anemia, sangramento das gengivas, má cicatrização das feridas, perda de dentes, fragilidades dos ossos e baixa resistência às infecções. A carência também pode levar a criança a apresentar dificuldades no aprendizado, na concentração e memória. Alimentos em que se encontra a vitamina C A dose de vitamina C recomendada é de 60 mg/dia para crianças, 70 mg/dia para gestantes e 90 mg/dia para lactantes. Abaixo, a quantidade média de vitamina C em 100 gramas de algumas fontes. Caju amarelo – 220mg Morango – 73mg Laranja lima – 53.3mg Tangerina – 46.8mg Goiaba vermelha – 45.6mg Manga – 43mg Beterraba crua – 35mg Tomate – 34.3mg Couve cozida – 32mg Limão – 31mg Abacaxi – 27mg Acerola (1 unidade) – 1000mg Raquel Araújo Fiocurz

Deixe uma resposta