Alimentação equilibrada: o segredo de um corpo saudável

Já se sabe que uma alimentação equilibrada é aquela que contém todos os nutrientes necessários para a manutenção do organismo…

 

Sempre acompanhada de uma alimentação equilibrada, a prática de atividade física na rotina diária de adultos e crianças são garantia de uma alta qualidade de vida e de um corpo saudável. Para isso, é necessário que a atividade física seja realizada com regularidade, sob a segura orientação de um profissional e a dieta deve estar adequada para o tipo de exigência dos exercícios. Já se sabe que uma alimentação equilibrada é aquela que contém todos os nutrientes necessários para a manutenção do organismo: proteínas, lipídeos, carboidratos, vitaminas, minerais, água e fibras. Quando o objetivo no treinamento é expandir a musculatura e torná-la mais rija e definida, deve-se fazer refeições ricas em proteína como carnes magras, leite e derivados e ovos que vão assegurar músculos fortes e resistentes.

 

Se você quiser substituir estas proteínas animais por uma fonte vegetal, deve procurar a orientação de um profissional, para que os ajustes as necessidades sejam feitos adequadamente e para não correr nenhum risco de não se alcançar os objetivos propostos. Durante as atividades físicas, as necessidades de nutrientes vão depender da intensidade e duração dos exercícios. Em esportes de resistência, por exemplo, como corrida de longa distância, a ingestão de calorias e água é vital. Aconselha-se a ingestão de pequenas quantidades de líquidos a cada 15 ou 30 minutos durante o exercício, para evitar um processo de desidratação durante a atividade física. Após o treinamento, para repor as reservas de nutrientes e re-hidratar o organismo é importante uma alimentação equilibrada, rica em frutas, verduras, carnes magras e boas fontes de carboidratos como pães, massas, e cereais. É muito importante a criação de um programa alimentar para o praticante de atividade física, fundamentado no consumo de alimentos o mais natural possível. A natureza, quantidade e horário de consumo destes alimentos serão estabelecidos por um nutricionista de acordo com o perfil do praticante e a intensidade dos exercícios. Ajuste seu treino, adapte sua alimentação, encontre seu ritmo, e sucesso nos seus objetivos! Fonte: Simone Bareicha Corrêa Marques

Deixe uma resposta