Alimente-se de humor

Você sabia que o simples fato de seguir uma dieta da moda já pode deixá-la mais irritada

 

 

Você sabia que o simples fato de seguir uma dieta da moda já pode deixá-la mais irritada sabia? Dietas muito restritivas além de não fornecerem todos os nutrientes de que necessita, podem causar irritabilidade e mau humor. Jamais restrinja carboidratos, que são a principal fonte de energia de sua alimentação! Prefira sempre as versões integrais que além de fornecerem energia, são mais nutritivas que os refinados e possuem fibras, promovendo uma maior saciedade. Os carboidratos estão relacionados ao bom humor porque no organismo eles também atuam como precursores de um neurotransmissor importante: a SEROTONINA, substância que quando em baixos níveis causa ansiedade, nervosismo e sensação de depressão. Portanto; coma alimentos fonte de carboidratos adequadamente e tenha seus níveis de serotonina mais estáveis e assim sinta-se tranqüilo, calmo e feliz. A cafeína pode causar uma alteração no sistema nervoso central em indivíduos mais sensíveis e causar insônia, irritabilidade, ansiedade e nervosismo.

 

Algumas pesquisas também relacionam a cafeína à enxaqueca. Portanto, modere a quantidade se observar que seu organismo é mais sensível a ela. Sabe onde encontramos cafeína? Ela é encontrada no café, no chá preto, no chá verde, nos refrigerantes a base de cola e no chocolate! A carne vermelha não interfere de forma direta no humor, mas pode interferir na sua disposição; pois é um alimento rico em ferro, nutriente importante na formação da hemoglobina e a sua falta pode causar a sensação de cansaço. Outra nutriente importante é a proteína que é formada por aminoácidos, nutrientes fundamentais para uma ótima disposição física! Além da carne, encontramos aminoácidos nos peixes, frango, leite e derivados. E o famoso pó de guaraná? Será que ele realmente melhora a disposição? Por conter cafeína, ele atua da mesma forma que o café no sistema nervoso central. A diferença é que ele é dose adaptativa, ou seja, se você consome X, o organismo depois de um tempo se acostuma e você provavelmente deverá aumentar a dose para sentir esse efeito. Mas vá com calma, pois algumas pessoas com problema de taquicardia devem ter cuidado ao consumi-lo já que ele também acelera os batimentos cardíacos. Para que funcione prefira o original em pó e não os xaropes ou refrescos. Antes de pensar em alimentos isolados, seria interessante primeiramente organizar suas refeições do dia para depois introduzir ou retirar alguns alimentos específicos.

Ao acordar faça do seu café da manhã uma refeição completa: com frutas, cereais ou pão (integrais), leite ou iogurte (desnatados), queijo magro, etc; faça um lanche no meio da manhã (barra de cereal pode ser uma opção, ou frutas secas ou iogurtes desnatados). No almoço, se gostar, inclua arroz e feijão, carne magra e salada ou outro prato criativo como uma panqueca de ricota com molho de espinafre. Para o lanche da tarde: pão integral com frios magros e frutas (ou suco), geralmente sacia mais e evitam os “beliscos” típicos deste horário. No jantar invista em uma porção de salada ou legumes cozidos, arroz integral e um grelhado. Comer só legume não é suficiente para manter o seu humor em alta. Apesar de conterem vitaminas e minerais importantes para modulação do humor, contém pouco carboidrato, fundamental para o BOM HUMOR. Se quiser reserve uma hora para o chocolatinho do dia, mas cuide-se para não exagerar! O lêvedo de cerveja é um suplemente natural, rico em proteínas, carboidratos e vitaminas do complexo B que ativam o metabolismo. Só tome cuidado para que ele não aumente seu apetite.

Ele é um EXCELENTE antiestressante principalmente quando consumidos com prazer!!!! Pode ser utilizado em vitaminas, sopas e sucos e encontrado em lojas de produtos naturais. Os alimentos que não lhe proporcionam uma sensação de bem estar, que lhe deixem mais irritado ou com dores de cabeça são: excesso de adoçante, refrigerantes, excesso de frituras, pouco carboidrato, excesso de bebidas alcoólicas e muita carne vermelha. Mas para balancear isto, invista no cálcio presente no iogurte e leite, no magnésio abundante na banana e cereais integrais, no triptofano presente no arroz integral, pão integral e leite. Agora um ponto interessante. Por que quando estamos com muita fome ficamos irritados? Nosso humor é modulado por serotonina, como expliquei anteriormente e na falta de alimento, a produção desta substância diminui, provocando nervosismo e vontade de consumir determinados alimentos ricos em açúcar e gordura como o chocolate. Na verdade esse mecanismo é uma defesa natural do organismo; que ocorre pela falta de carboidratos, provocando hipoglicemia, mal-estar, queda de humor e irritabilidade. Se alimente de maneira equilibrada e colorida para ter boa saúde e bom humor! Anna Christina Machado Moreira de Castilho Nutricionista e Consultora em Personal Diet

Deixe uma resposta