Aromaterapia – saiba o significado de alguns óleos

Benjoim – Balsâmico,Analgésico  Aromaterapia – Saiba o significado de alguns óleos aromáticos Os óleos essenciais podem ser utilizados em massagens ou para serem colocados no difusor. É muito importante ficar atento à qualidade do óleo e saber que nem todos servem para passar no corpo. Olhe sempre na embalagem sua descrição e o tipo de uso que é adequado e na dúvida, procure um especialista. Alecrim – Estimulante metabólico; cardiotônico; digestivo. Ajuda na assimilação dos açúcares. Refaz o sistema nervoso, depois de longa e intensa atividade mental. Combate a insônia. Acalma. Use para limpeza e purificação (sua e do ambiente). Benjoim – Balsâmico. Analgésico. Cicatrizante. Protetor astral. Proporciona sucesso. Cânfora – Sedativo. Analgésico. Dores de cabeça. Sinusite. Desobstrui fossas nasais. Queima maus pensamentos. Eucalipto – Combate doenças respiratórias: asma, bronquite, gripe, sinusite. É um excelente expectorante. Muito usado também para combater as infecções urinárias. Anti-reumático. Balsâmico. Cicatrizante. Desinfectante. Pranificador. Jasmim – Melhora os negócios. Usar para realizar seus trabalhos e contatos. Combate timidez, sobriedade etc. Facilitador psíquico. Excelente para comunhão com Fadas. Laranjeira – Estimulante do sistema linfático e secreções. Sedativo. Combate: retenção de líquidos, obesidade e edemas. Menta – Estimulante do sistema nervoso. Anti-espasmódico. Tônico. Combate: náuseas, gastralgias, dispepsias, flatulências, vômitos. Combate a tosse, asma, bronquites, sinusite, constipação nasal. Purificador da Aura. Rosas – Combate tensão nervosa, insônia, traumas emocionais, depressão e desgosto. Tônico. Estimulante do chakra Anahata (Cardíaco). Usado para exorcisar. Queima elementos de baixa vibração. Sândalo – Anti-séptico genito-urinário. Diurético. Abnegação. Humildade. Renúncia. Estimula o Ajna chakra (o chakra do terceiro olho). Afrodisíaco. Usar em rituais e meditação. Helder Carvalho Instituto Aurora de Yoga e Terapias Alternativas

Deixe uma resposta