Aromaterapia

a O que é É uma técnica que usa óleos essenciais para melhorar o astral e a saúde. Esses óleos usados na aromaterapia reequilibram as emoçoes. Eles sao extraídos de frutas, flores, madeira e ervas. Alguns óleos essenciais Existem cerca de 150 óleos essenciais extraídos para a aromaterapia. Para prescrevê-los, o terapeuta nao deve apenas saber as funçoes de cada um deles, mas conhecer a pessoa que vai utilizá-los. Embora os sintomas possam ser tratados, o objetivo da técnica é buscar o equilíbrio físico e mental da pessoa. Alecrim Usos gerais: pressao baixa, exaustao, memória, drenagem linfática, asma, artrite, hepatite, otite, ressaca, cólicas, fígado, pele seca. Alfazema Usos gerais: insônia, queimadura, insolaçao, medo de escuro, bronquite asmática, sensaçao de pânico, tosse, picada de insetos, ronco. Bergamota Usos gerais: ansiedade, frieira, depressao, acne, ferida, cólica, seborréia, dor de garganta. Canela Usos gerais: estimulante, anti-séptico, resfriados, impotência, infecçoes intestinais, espasmos. Camomila Usos gerais: calmante, ansiedade, TPM, medo e dor de cabeça. Cravo Usos gerais: repelente, anti-séptico, anestésico, resfriados, otimismo, dor de dente, sarna, verruga, calos, picada de insetos, memória fraca, descamaçao da pele, memória fraca. Erva cidreira Usos gerais: analgésico, bactericida, anti-séptico, cabelo e pele oleosos, calmante, regulador da menstruaçao, dor de cabeça, mordida de animal, ferimento com armas. Erva Doce Usos gerais: emagrecimento, celulite, cólica, gases, infecçao intestinal, náuseas, vômitos, prisao de ventre, soluços, pedra nos rins. Gengibre Usos gerais: amigdalite, artrite, diarréia, dor de garganta, enxaqueca, impotência, memória fraca, reumatismo. Jasmim Usos gerais: ansiedade, depressao, frigidez, impot6encia, menopausa, dor de cabeça, cólicas menstruais, dores uterinas, pele seca e sensível. Manjericao Usos gerais: dor de garganta, tosse, rouquidao, amigdalite, má digestao, prisao de ventre, cólica, náusea, ansiedade, insônia, verruga. Menta Usos gerais: gripe, resfriado, dor de cabeça, sinusite, nariz entupido, indigestao, cólica, vômito, enjôo, soluço, picada de insetos, tontura, gastrite. Tomilho Usos gerais: stress, fadiga, insônia, bronquite, gastrite, verruga, dor de cabeça, amigdalite, gota, laringite, sinusite, cistite, reumatismo, dermatite. Como usar os óleos essenciais: Existem muitas maneiras de fazer uso dos óleos essenciais. O número de aplicaçoes depende do problema, do tempo em que vem se manifestando e da recuperaçao da pessoa. Por isso é muito importante procurar ajuda de um profissional antes de começar o tratamento. Na pele, na água, ou no ambiente. Escolha a melhor forma de usar os óleos. Vaporizador: utilizam-se do calor das velas e lâmpadas para vaporizar os óleos no ambiente Massagem: relaxante ou energizante é uma das principais formas do uso da aromaterapia, pois agrega o poder da massagem e a absorçao direta dos óleos na pele. Compressas: indicadas para tratar inchaços, dor muscular, TPM e inflamaçoes, podem ser quentes ou frias, de acordo com as necessidades. Spray: ideal em borrifamentos para desodorizar, desinfetar ou perfumar o ambiente. Banhos: a água facilita a penetraçao do óleo na pele. Adicionar algumas gotas na banheira para perfumar, relaxar e estimular. Inalaçoes de vapor: o método mais seguro para ser feito sem orientaçao profissional. Creme, loçao, xampu e gel de banho: os óleos podem ser misturados a produtos sem fragâncias , mas podem irritar peles mais sensíveis. Gargarejos e bochechos: devem ser feitos com orientaçao profissional, porque os óleos nao podem ser ingeridos e alguns nao devem ser usados nessa técnica. Cuidados e Contra-indicaçoes: – Se houver reaçao alérgica, suspenda o uso imediatamente; – Grávidas e crianças só podem fazer o tratamento sob orientaçao médica, assim como adultos e idosos com problemas de epilepsia, pressao alta ou hipotensao; – A aromaterapia nao trata a doença, mas a pessoa. Embora traga bons resultados para casos de depressao leve, por exemplo, ela deve ser usada como complemento; – Os óleos raramente sao usados puros e diretamente sobre a pele. Têm de ser diluídos em álcool ou em óleo vegetal suave antes de serem aplicados; – Se o óleo for ingerido no gargarejo tome leite e procure um médico imediatamente. Por esta razao o gargarejo é recomendado para ser feito com o acompanhamento de um profissional. FONTE/AUTOR: Redaçao do Saúde Informaçoes www.saudeinformacoes.com.br

Deixe uma resposta