As causas da celulite

O aparecimento de celulite deve-se a uma combinação de factores genéticos,

 

 

O aparecimento de celulite deve-se a uma combinação de factores genéticos, alimentares e de estilo de vida. Saiba como prevenir. Celulite O principal fator para aparecer a celulite é o simples fato de se ser mulher. O tecido adiposo da mulher é naturalmente predisposto a ter celulite e as hormonas femininas têm um papel importante nesse processo. Estas características são normais na mulher e podemos considerar que a presença de celulite (embora sendo um processo que incomoda muito a auto-estima feminina), é quase uma situação natural, embora não obrigatória, da condição feminina. Por isso é tão difícil tratar a celulite; porque a mulher continuará a ser mulher e as condições para o aparecimento da celulite continuarão presentes. Também por isso os cuidados com a alimentação e a prática regular de exercícios deverão ser mantidos toda a vida. Uma dúvida frequente é saber se a celulite é exclusiva de quem tem excesso de peso ou se pode aparecer mesmo em mulheres magras. Muitas mulheres que têm o peso normal – ou mesmo abaixo do normal – podem apresentar uma alteração no equilíbrio entre a quantidade de gordura do corpo e a massa muscular. Assim, uma mulher magra pode ter uma proporção maior de gordura e menor de músculo, mantendo o seu peso final normal ou baixo. Este excesso de gordura, associado à acção das hormonas femininas e alterações na circulação e nos vasos linfáticos, acabará por formar celulite.

 

Muitas das mulheres que procuram tratamento para a celulite têm o peso normal, ou apenas levemente aumentado, mas quando se faz a análise da composição corporal (através da bioimpedância ou outras técnicas) encontra-se excesso de gordura em todas e esse é o fator que desencadeia o processo de aparecimento da celulite. O que interessa não é o peso, mas sim a composição do corpo e a distribuição da gordura. Uma mulher pode ser magra (com pouco peso), mas ter também pouco músculo. Observa-se aliás com muita frequência que pacientes com tendência natural para serem magras se preocupam pouco com os exercícios e com a alimentação. Essas pacientes tem poucas células gordas, e a gordura que acumulam distribui-se por essas poucas células, alterando muito o tecido gordo, comprimindo os microvasos e assim determinando o aparecimento de celulite. Numa pessoa magra, uma pequena concentração de gordura poderá produzir celulite de forma mais visível do que numa pessoa com tendência para o excesso de peso, que tem mais células para dividir o excesso. Se uma pessoa muito magra desejar aumentar de peso, deverá continuar a alimentar-se com equilíbrio nutricional e realizar exercícios para ganhar músculo, o que dará o desejado porte, mas com linhas bonitas e harmÔnicas, e sem celulite. Fonte: nutridoc.inforportal.net

Deixe uma resposta