Atendimento domiciliar (home care) em psicologia

O atendimento visa internação domiciliar para pacientes crônicos e em monitoramento, onde o paciente recebe os cuidados dos quais necessita para recuperação, contando com ajuda de pessoa escolhida pela família, denominada cuidador, treinada e

supervisionada por equipe interdisciplinar qualificada de profissionais na área de saúde. Iniciou-se pelo modelo francês em 1951, tendo como motivação: envelhecimento da população, aumento de pacientes crônicos, super lotação hospitalar, custo elevado nas internações. E se verifica também que a recuperação do paciente integrado à família é mais rápida do que em hospitais, afora os riscos de infecções hospitalares. É transferido para o domicílio os recursos necessários para o seu tratamento. Os programas terapêuticos são individualizados envolvendo equipe interdisciplinar, buscando a melhora clínica do paciente.

Durante o tratamento o paciente conta com assistência de: médico, enfermagem, fisioterapeuta, assistente social, nutricionista e psicóloga, e atendimento médico 24 horas de urgência e emergência para as intercorrências, bem como todo o equipamento hospitalar é instalado em sua residência. É claro que são verificados procedimentos básicos necessários para que o atendimento possa ocorrer a domicílio, sem prejuízo ao paciente, quanto ao seu bem estar. O interesse principal do profissional é o quanto ele pode colaborar com os problemas que surgem a respeito do trato com as pessoas que necessitam de ajuda e que por razões diversas não conseguem, como as doenças que paralisam os membros superiores e/ou inferiores, doenças terminais, enfim problemas que afetam não só o paciente como a família, que precisa se adaptar às novas situações emergentes. É bem provável que haja necessidade das pessoas adquirirem hábitos e costumes para que possam estar participando. É interessante o vínculo que se estabelece profissional-paciente. O local onde se está é o que menos importa. Vale lembrar que os seres humanos são diferentes, não existe receita para atendimento.

ROSANGELA NERY Psicóloga clínica com especialização em Psicologia da Saúde Psicóloga organizacional Psicóloga educacional CRP 06/50501-0 rosangelanery@yahoo.com.br

Deixe uma resposta