Atividade física é fundamental!

Você vai ao médico e sai com a receita: um ou

 

Você vai ao médico e sai com a receita: um ou mais remédios e… Atividade física. As campanhas na mídia também falam sobre a importância de fazer exercícios, mas poucos tomam a atitude de deixar para trás a vida sedentária. A professora de educação física, Sheila Tessmann, explica que a saúde está dire-tamente ligada à atividade física. “Não há como dissociar uma da outra”, explica. Comenta que de modo geral, as pessoas são muito sedentárias. “São atletas de final de semana, mas não há nada melhor que o exercício físico regular. A caminhada pode ser útil. Na academia é feito trabalho específico para cada pessoa”, diz. Sheila ressalta que aquela famosa caminhada para olhar vitrines com as amigas não resolve nada. É preciso ritmo e intensidade.

 

Trinta minutos em passo moderado o mesmo quando se está com pressa pode ajudar. Com o tempo é preciso aumentar a velocidade das passadas. “Não adianta caminhar no mesmo ritmo, o mesmo tempo e nos mesmos lugares. É preciso ter alguns obstáculos”, ensina. O melhor no início é buscar lugares planos sem subidas ou descidas. Antes de começar qualquer atividade física deve-se procurar um médico. A visita ao cardiologista é fundamental para ter liberação.”Não dá para brincar com o coração”, frisa. Se for para emagrecimento, um endocrinologista e um nutri-cionista podem contribuir além do exercício. Ela lembra que a atividade vai ajudar a pessoa a ter um condicionamento melhor. O importante é não ficar parado.

Na semana que vem, quando começar a estação mais fria do ano, muitos vão querer parar com a prática de exercícios. Sheila alerta: “Não dá para hibernar. O trabalho deve ser contínuo. Quando o organismo começa a ser preparado acaba acostumando a receber estímulo. E se o trabalho for interrompido deve-se começar tudo outra vez”, explica. O melhor é aproveitar as baixas temperaturas que virão para manter a saúde em dia, pois ser saudável é ter mais qualidade de vida. Juliane Wierzynski

Deixe uma resposta