Captura híbrida: exame que detecta o HPV

A Captura Híbrida consegue diagnosticar

 

Captura Híbrida é o exame mais moderno para fazer o diagnóstico do HPV. A Captura Híbrida consegue diagnosticar a presença do vírus mesmo antes da paciente ter qualquer sintoma. Esse é o único exame capaz de dizer com certeza se a infecção existe ou não. Este exame não é recomendado para mulheres jovens abaixo de 25 anos, sendo recomendado para mulheres acima de 30 anos que tiveram um resultado de Papanicolaou alterado ou seja de risco elevado para câncer de colo de útero. QUEM DEVE FAZER CAPTURA HÍBRIDA? Aquelas pacientes que tiveram um resultado de Papanicolaou alterado ou aquelas que, a critério do médico ginecologista, sejam de alto risco para o HPV.

 

COMO DEVO ME PREPARAR PARA O EXAME CAPTURA HÍBRIDA? – Não ter relações sexuais três dias antes do exame; – Não estar menstruada; – Não ter usado qualquer tipo de ducha ou creme vaginal na última semana. COMO SE COLHE O MATERIAL? O exame de Captura Híbrida é muito simples e não causa dor. Segue os mesmos procedimentos que se usa para os outros exames ginecológicos. O médico introduz o espéculo – instrumento utilizado para abrir a vagina – e, com o auxílio de uma escova, coleta amostras de secreção do colo uterino, da vagina ou da vulva. Após o exame a escova é colocada em um tubo com líquido especial e enviada ao laboratório. Fonte: gineco

Deixe uma resposta