Conselhos para uma gravidez sadia

Coma devagar, mastigando levemente. Nunca se alimente às pressas e muito menos

 

1. Faça mais refeições, comendo quantidades menores de cada vez. 2. Para evitar o enjôo matinal dos primeiros meses, mastigue um pedaço de pão integral seco ou coma um pedaço de maça pela manhã, ao levantar. 3. Coma devagar, mastigando levemente. Nunca se alimente às pressas e muito menos em excesso. 4. O aumento de peso da gestante não deve passar de 1 quilo por mês. Se você engordar mais do que isso, diminua os carboidratos e as gorduras. 5. Evitar tomar laxantes. Se a dieta de cereais integrais, frutas e verduras não for suficiente para estimular o intestino, experimentando uma destas alternativas: · no café da manhã, tome 1 colher de farelo de trigo diluída em leite ou suco de frutas; · deixe de molho, de um dia para outro, 1 colher de sementes de linhaça; coma de manhã, misturadas com 1 colher de mel; · de manhã, coma um pedaço de mamão ou então algumas ameixas secas deixadas de molho durante a noite. 6. Após o quarto mês, não esqueça de tomar cálcio. Peça orientação para seu médico. 7. Para evitar a anemia, comum nos últimos meses de gravidez, tome sucos verdes (misturas de agrião, espinafre, salsa, escarola, couve, mastruz), cujo gosto pode ser atenuado com pepino, cenoura, erva-doce ou beterraba. Existe outro método simples de ingerir ferro que é bastante curioso: todas as noites, enfie 12 pregos numa maça ácida; de manhã, retire-os e coma a maça. Aproveite os mesmos pregos para a maça do dia seguinte. O método é muito eficiente, pois o ácido málico presente na fruta provoca a oxidação do ferro, que é facilmente absorvido pelo organismo. `As vezes a acloridria (ausência de ácido clorídrico na secreção gástrica) do estômago das gestantes dificulta a absorção do ferro; pode-se então usar o ácido hidroclorídrico D3 (10 gotas em águas antes de cada refeição). 8. Em caso de edemas (inchaços), é necessário diminuir o sal e comer hortaliças diuréticas, como salsão, chuchu e erva-doce, ou fazer uma dieta de arroz cozido sem sal, várias vezes ao dia. Essa dieta também é ótima quando há aumento da pressão arterial ou ameaça de eclampsia (forma convulsiva de intoxicação do sangue nas gestantes). No dia da dieta de arroz sem sal a grávida deve ficar de preferência em repouso, e pode tomar chás diuréticos, como equisetum (cavalinha), cidreira, cabelo-de-milho ou chá renal. Não usar outros chás, como carqueja, abacate, etc., que podem ser abortivos. 9. Não tome nenhum remédio sem antes falar com seu médico – vários medicamentos têm efeitos prejudiciais graves sobre o feto, como retardamento mental e malformação, entre outras alterações. 10. Está provado cientificamente que mulheres que fumam dão à luz crianças de baixo peso – em média, cerca de 250 gramas a menos que crianças de mães não fumantes; quanto à ingestão de álcool, pode provocar no feto malformação cranianas e faciais, dependendo da quantidade e da freqüência. Portanto, nada de álcool. Fonte: Dr. Heinz Roland Jakobi Médico Ginecologista e Obstetra

Deixe uma resposta