Cuidado com pés inchados, varizes e tromboses

Os vasos sanguíneos se dilatam no calor, principalmente em pessoas que sofrem de

 

 

Os vasos sanguíneos se dilatam no calor, principalmente em pessoas que sofrem de varizes, e podem causar inchaços nas pernas. A sensação é de pernas cansadas, pesadas e dificuldade para caminhar e subir escadas. Para amenizar a situação, veja algumas dicas dos especialistas: . Deixe os pés elevados durante a noite . Movimente as pernas, fazendo intervalos durante o trabalho, por exemplo . Alongue a panturrilha . Pratique exercícios físicos . Cuide do peso Se as varizes forem a causa do inchaço, o recomendado é consultar um cirurgião vascular. O que são varizes? São veias que se dilataram e ficaram tortuosas, fazendo o sangue circular de forma errada. Podem apresentar formas muito pequenas e avermelhadas; um pouco maiores e azuladas; e nódulos que saltam o plano da pele. Normalmente, acometem mais as mulheres devido à influência dos hormônios sexuais femininos, gravidez, uso de anticoncepcionais e menor massa muscular que os homens. A tendência genética também é determinante em algumas pessoas e são comuns os casos familiares de varizes. Flebite pode levar à trombose Quem sofre com varizes corre o risco de ganhar um outro problema bem mais grave nas pernas: a flebite.

 

Trata-se da inflamação e entupimento dessas veias, que ficam entre a pele e o músculo. O mais comum é que o mal afete a safena, veia da perna. O problema se manifesta por um coágulo dolorido e duro e a veia afetada parece um cordão escuro na perna, cercada pela pele avermelhada. Quando a inflamação ocorre na coxa, há o risco de sérias complicações: o coágulo pode passar para o sistema venoso profundo e levar à trombose. Se esses coágulos chegarem ao pulmão, podem provocar a morte por embolia pulmonar. Para prevenir a flebite, deve-se beber bastante água (no mínimo, dois litros por dia) e movimentar constantemente as pernas. Quem trabalha sentado deve fazer alguns intervalos, levantar e caminhar. Com o diagnóstico precoce, a flebite passa por tratamento cirúrgico. A ameaça silenciosa da TVP Pouco conhecida pela população, porém responsável por milhares de mortes todos os anos, a Trombose Venosa Profunda (TVP) é uma doença complexa e silenciosa, que pode trazer sérias complicações quando não tratada de forma rápida e adequada. Ela consiste na interrupção do fluxo sanguineo de uma veia, provocada pela formação de um coágulo – também chamado de trombo. Essa interrupção acomete com mais frequência uma veia profunda e a principal consequência é a embolia pulmonar, que, dependendo do caso, pode evoluir para a morte do paciente. Nos Estados Unidos, a embolia pulmonar é responsável por 100 mil óbitos por ano. As estatísticas no Brasil sobre a mortalidade da doença não são confiáveis. É que a TVP acaba passando despercebida por muitos médicos, pois em 50% a 80% dos casos os pacientes não apresentam seus principais sintomas. www.saphyria.com.br

Deixe uma resposta