Cuidados especiais com escovas de cabelo

Usamos escova todos os dias, com os cabelos secos, molhados ou ainda com produtos

 

 

Usamos escova todos os dias, com os cabelos secos, molhados ou ainda com produtos sem enxágüe. É necessário que tenhamos cuidados especiais com nossas escovas de cabelo. Sempre quando compramos uma nova escova de cabelos, devemos lavá-la com água e sabão, limpando bem suas cerdas antes de utilizá-la. Após seu uso, é necessário que sejam retirados os fios de cabelo das cerdas das escovas. Existe uma escovinha especial que auxilia nesta tarefa e na limpeza de um modo geral. Se você não é profissional e a escova de cabelos é só sua, saiba que uma boa limpeza, uma a duas vezes por semana, deixando-a de molho, elimina suas impurezas. Podem ser utilizados água e cloro. Conforme Gennaro Luis Preite, técnico da empresa Condor, fabricante de escovas de cabelos, devem-se utilizar duas substâncias para desinfecção e desbacterização das escovas. A primeira é uma solução detergente que tem a função de eliminar germes de qualquer espécie e natureza. Essa solução é encontrada em farmácias e pode ser utilizada pura ou misturada com água; a proporção varia dependendo da quantidade de escovas a serem limpas. É espumante, mas de consistência suave, e as escovas não precisam ficar de molho; devem ser deixadas para secar naturalmente.

 

A segunda alternativa, para haver uma desinfecção maior, é a utilização de um antifungicida, que é encontrado também em farmácias, devendo ser dissolvido com água, aplicando-se, logo a seguir, nas cerdas das escovas e no cabo. Após isso, com um pano limpo, as escovas são secadas manualmente ou deixadas ao sol para uma secagem natural. Gennaro ainda aconselha que, nos salões, as escovas sejam limpas freqüentemente, atendo-se à circulação e, dependendo do ambiente onde as mesmas são utilizadas, devem se higienizadas com mais freqüência. É necessária também uma grande rotatividade de escovas, ou seja, várias escovas do mesmo modelo para haver tempo das outras estarem no processo de limpeza. Gennaro cita ainda, como exemplo, um salão que fica próximo a áreas de risco, como córregos, rios ou esgotos a céu aberto, onde as escovas devem ser limpas todos os dias, pois os cabelos levam esses germes dispersados no ar até os salões, contaminando-os. Rosa Maria Gandora Canora diretora de Marketing das escovas Fidalga acrescenta: “A higienização de pentes e escovas é extremamente necessária. São produtos- pessoal e não do pessoal. Indicamos que seja feita uma higienização semanal, com uma escova própria, para remover os resíduos de cabelos e, em seguida, lavar com água e sabão ou com uma solução de 30% de água e 70% de álcool. Deixar as escovas e pentes secarem em lugar arejado caso sejam de madeira.” Fonte: Site Cabelos Lindos

Deixe uma resposta