Dar um corte no cabelo…

Dar um Corte no Cabelo muitas são as pessoas que nesta altura aproveitam

 

 

Dar um Corte no Cabelo muitas são as pessoas que nesta altura aproveitam para dar um corte no cabelo. Apenas as pontas ou uns centimetros a mais, a verdade é que antes de cortar tem que ter certeza do que vai fazer. Quantas vezes você já não foi cortar o cabelo e depois se arrependeu? E, quantas outras vezes, já não viu um corte numa revista que lhe agradava bastante e quando o viu em si, simplesmente, detestou? realmente nem todos os cortes de cabelo ficam bem a todas as pessoas. Há que pensar no formato do rosto, nos seus traços, olhos, e estilo pessoal, para que o corte de cabelo lhe assente bem. O corte de cabelo ou, eventualmente, a cor com que pensa pintá-lo, têm sempre que ser pensadas consoante outros factores, como é o caso do seu estilo pessoal, da sua forma de vida, profissão, etc. Por exemplo, se você trabalhar num bar não tem mal nenhum pintar o cabelo de vermelho, mas se a sua ocupação for, por exemplo, numa agência bancária, efectuando atendimento ao público, garantimos-lhe que a aceitação vai ser complicada. Por isso, e antes de fazer o que quer que seja ao cabelo, pense duas vezes! A roupa é também um fator muito importante para o cabelo. O estilo próprio de cada um inclui também o cabelo, além da roupa e de outros fatores, e são essas características todas que devem estar em plena sintonia.

 

Quando uma delas falha, a sua apresentação perde bastante e terá mais dificuldades em encontrar a sua própria identidade. Portanto, mesmo que a sua amiga fique um must com o cabelo rapado isso não significa que a si tenha que ficar necessariamente bem. Como já referimos de início, nem todos os cortes se adequam ao seu formato de rosto. Existe um conjunto de características que pode determinar se um determinado corte lhe vai ficar bem ou não. O tamanho e forma dos olhos, as suas orelhas, nariz, queixo, o tamanho da testa, e o formato do rosto no geral, podem ser decisivos para determinar o corte. Se já tiver um corte em mente não se iniba e peça a opinião ao seu cabeleireiro. Ele conseguirá visualizar muito melhor aquilo que você realmente pretende. O fato de já ser cliente habitual de um determinado cabeleireiro tem sempre as suas vantagens: O(a) cabeleireiro(a) já conhece o seu cabelo, sabe aquilo que você gosta e, além do mais, terão sempre mais à vontade para discutir cores, cortes e tendências da moda.

Não queira impossíveis! Se o corte que pretende não se vai adequar ao seu cabelo, por ser muito fino ou muito ondulado, não adianta insistir. Escute sempre o seu cabeleireiro, e não ambicione o impossível! Se os seus cabelos forem muitos grossos, ondulados, demasiadamente finos, fracos, com jeitos, isso pode ser também um dos motivos para que aquele corte não lhe assente bem, mesmo que reuna todas as características que anteriormente citámos e que se adeque na perfeição ao seu estilo pessoal. Outra coisa a levar em conta é o fato de que cortes muito elaborados exigem também cuidados redobrados ao cabelo. E, sinceramente,você imagina-se pela manhã, antes de ir para o trabalho, a arranjar o cabelo detalhadamente? Pois bem! O melhor é optar por um corte simples para que o trabalho seja o mínimo! Existe ainda outra questão que deve ser analisada: Tem cortes de cabelo que só ficam bem aos jovens e outros, porém, apenas se adequam a pessoas com mais idade. Assim, e além dos cuidados com o seu estilo pessoal, há ainda a ter em conta o fator idade. Não queira parecer uma jovem rebelde, pois nem todos os cortes podem lhe favorecer. Ainda que isso suceda com alguns deles, outros vão torná-la ridícula. O mesmo conselho se dá às mais jovens: Nada de cabelos armados com carradas de laca! Claro que cada um é livre de fazer o que bem entende, e no seu cabelo manda você, mas existem pormenores que são perfeitamente evitáveis e que não a favorecem minimamente. Todos os conselhos aqui expostos podem ser dados também pelo seu cabeleireiro. Basta que lhe peça a opinião, ouça as suas sugestões, e verá que sairá do salão mais bela do que nunca! Fonte: www.tecmarcos.com

Deixe uma resposta