Depressão: o mal do século

A depressão pode acontecer apenas uma vez na vida de uma

 

A depressão é um distúrbio que afeta pensamentos, humor, sentimentos, comportamento e saúde física. As pessoas costumavam pensar que era “Tudo coisa da sua cabeça”, e que se você realmente tentasse, poderia “Sair dessa”. Agora, os médicos sabem que a depressão não é uma fraqueza e que não é possível tratá-la sozinha – é um distúrbio médico com base biológica e química. Às vezes, um acontecimento de uma vida estressante ativa a depressão. Outras vezes, a depressão parece ocorrer espontaneamente, sem nenhuma causa específica identificada. Independentemente de sua causa, a depressão é muito mais que um sofrimento ou a volta de alguns sentimentos… A depressão pode acontecer apenas uma vez na vida de uma pessoa, porém, geralmente aparece várias vezes durante a vida, com intervalos saudáveis. Ou pode ser uma condição crônica, que requer tratamento contínuo durante toda a vida. Os medicamentos disponíveis geralmente são seguros e eficazes, mesmo para os casos de depressão mais séria. Com o tratamento adequado, a maioria das pessoas com depressão séria melhora em semanas e pode voltar às suas atividades diárias normais. SINAIS E SINTOMAS Os dois principais sintomas da depressão são: Perda do interesse nas atividades diárias normais Você perde o interesse ou o prazer nas atividades das quais gostava anteriormente. Isso se chama “anedonia”. Humor depressivo Você se sente triste, sem ajuda ou sem esperança, e pode ter crises de choro. Além disso, para um médico ou outro profissional de saúde diagnosticar a depressão, muitos dos seguintes sinais e sintomas também devem estar presentes na maior parte do dia: Distúrbios do sono Dormir muito ou ter problemas durante o sono podem ser um sinal de que você está com depressão. Levantar no meio da noite ou cedo demais e não conseguir dormir de novo é típico. Pensamento ou concentração comprometidos Você pode ter problemas para se concentrar ou tomar decisões e ter problemas de memória. Perda ou ganho significante de peso Um aumento ou redução de apetite e ganho ou perda de peso inexplicável podem indicar a depressão. Agitação ou diminuição dos movimentos corporais Você pode parecer cansado, agitado, irritado e facilmente incomodado. Ou pode parecer que você está fazendo tudo em câmera lenta e responde a perguntas devagar, num tom monótono. Fadiga Você sente cansaço e falta de energia quase todos os dias. Você pode se sentir tão cansado de manhã quanto estava à noite, antes de dormir. Baixa auto-estima Você se sente inútil ou sente culpa em excesso. Menos interesse pelo sexo Se você era sexualmente ativo antes de ter depressão, vai perceber uma diminuição dramática no seu nível de interesse pelas relações sexuais. Pensamentos de morte Você tem uma constante visão negativa de si mesmo, sua situação atual e o futuro. Pode pensar em morte ou suicídio. A depressão também pode causar uma ampla variedade de problemas físicos, como coceira generalizada, visão embaçada, suor excessivo, boca seca, problemas gastro-intestinais (indigestão, constipação e diarréia), dor de cabeça e dor nas costas. Crianças, adolescentes e idosos podem reagir à depressão de maneira diferente. Nestes casos, os sintomas podem ter diferentes formas ou estar mascarados por outras condições. Em todos os casos, é fundamental a orientação de um medico e tratamento psicoterápico. * Elisabete Fernandes Almeida é escritora e editora médica com especialização em Projetos de Educação Médica Continuada. É presidente da Latin-Med Editora Médica, editora médica da Conexão Médica, diretora do departamento de Educação Médica para Leigos da Associação Paulista de Medicina e atua em vários sites médicos.

Deixe uma resposta