Dicas úteis para reduzir o sal na alimentação

Não consuma sopas prontas de pacote e nem

 

– Utilize o mínimo de sal ao preparar os alimentos. Substitua-o por temperos naturais como salsinha, cebola, orégano, hortelã, limão, vinagre, alho, manjericão, coentro e cominho; – Não acrescente sal aos alimentos já prontos. Não leve saleiro à mesa; – Evite carnes gordurosas, vísceras (coração, rim, fígado), embutidos (lingüiça, salsicha, toicinho defumado), frios (mortadela, presunto, salame) e frutos do mar (camarão);

 

– Evite comer alimentos em conserva como picles, azeitona, aspargo, patês, palmito, enlatados como extrato de tomate, milho, ervilha e maioneses prontas. Prefira alimentos in natura; – Evite carnes salgadas como bacalhau, charque, carne seca e defumados; – Não consuma sopas prontas de pacote e nem temperos prontos, pois eles contêm uma grande quantidade de sal e glutamato monossódico; – Evite queijos duros e amarelos. Dê preferência a queijos brancos, tofu ou ricota sem sal; – Evite shoyu, salgadinhos para aperitivos como batata frita, amendoim salgado, cajuzinho, etc; – Coma no máximo um alimento com alto teor de sal por dia (citados acima). Por Simone Machado Biacchi Fonte: www.nutricaoativa.com.br

Deixe uma resposta