Dieta: dicas de alimentação

Implemente na alimentação as fibras (frutas e hortaliças, produtos integrais e semente de linhaça) pois elas promovem…

 

O cálculo de dieta é um processo complexo, pois é necessário toda sua avaliação física, pois além do peso deve-se saber outros fatores da composição corporal do indivíduo, além disso é necessário avaliar todo seu hábito alimentar, para que sejam feitas as correções alimentares necessárias, isso tudo é realizado na consulta. DICAS DE ALIMENTAÇÃO PARA DIETA: – Realize de 4 a 6 refeições diárias (café-da-manhã, almoço e jantar e lanches dos intervalos), evitando ficar um período superioro a 3 horas sem se alimentar, para evitar que você vá para a próxima refeição com muita fome e coma além do necessário. – Implemente na alimentação as fibras (frutas e hortaliças, produtos integrais e semente de linhaça) pois elas promovem saciedade, além disso elas diminuem a velocidade de absorção dos carboidratos, evitando picos de hiperglicemia, e ainda funcionam como “vassouras” no nosso organismo, carregando gordura e outras substâncias indesejáveis ao corpo.

 

Uma dica é iniciar a refeição pela salada. – Evite alimentos ricos em açúcar e gordura, açúcar não é somente o açúcar para adoçar, mas alimentos ricos nesse nutriente, como pão branco, arroz, substitua esses pelos integrais, ou seja, pão integral, arroz integral, sempre que possível. – Prefira carnes magras e em preparações assadas e grelhadas, evitando assim as famosas gorduras saturadas, presentes em produtos de origem animal, ou seja, além de carne, ovo, leite e derivados. – Para temperar a salada evite os molhos prontos, pois são ricos em gordura e sódio, o mesmo com aqueles a base de creme de leite e iogurte, utilize apenas temperos naturais e azeite de oliva extra virgem. – Inclua na sua alimentação a semente de linhaça, além de ter um tipo de gordura benéfica, é rica em fibras. Além da alimentação, a atividade física ajuda no processo de queima de calorias, ou seja, a velocidade de perda de peso é maior quando associada a prática regular de atividade física, além de outros benefícios como cardiovascular, respiratório, liberação de hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar. Fonte: Andréia João – Nutricionista http://www.andreiajoao.com.br/wp/

Deixe uma resposta