Dor pélvica

A pelve, a qual contém o útero, as tubas

 

 

A pelve, a qual contém o útero, as tubas uterinas, os ovários, a vagina, a bexiga e o reto, é a parte mais inferior do tronco, localizada abaixo do abdômen e entre os ossos do quadril. As mulheres freqüentemente sentir dor nessa área. O tipo e a intensidade da dor variam e a sua causa pode ser de difícil identificação. A dor pélvica é freqüente, mas nem sempre causada por problemas relacionados ao sistema reprodutivo. Outras causas de dor pélvica estão relacionadas aos intestinos ou ao trato urinário. Fatores psicológicos podem piorar a dor ou mesmo causar uma sensação de dor onde não existe qualquer problema físico.

 

Diagnóstico Quando uma mulher apresenta subitamente uma dor muito intensa na parte inferior do abdômen ou na área pélvica, o médico deve definir rapidamente se trata-se de uma emergência que exige cirurgia imediata. São exemplos de emergência a apendicite, a perfuração intestinal, a torção de cisto de ovário, a gravidez ectópica e a ruptura da tuba uterina. O médico freqüentemente consegue determinar a causa da dor baseando-se apenas na sua descrição, isto é, se ela é intensa ou surda, sob quais circunstâncias e quão subitamente ela iniciou, a sua duração e a sua localização. Outros sintomas (p.ex., febre, náusea ou vômito) podem ajudar o médico a estabelecer um diagnóstico. Informações sobre a relação da dor com a ingestão de alimentos, o sono, a relação sexual, os movimentos, a micção e a defecação também podem ser úteis. Um exame físico é realizado. O exame pélvico (interno) sempre deve fazer parte da investigação da dor pélvica.

Ele ajuda o médico a determinar quais são os órgãos afetados e se existe uma infecção presente. Os exames laboratoriais (p.ex., hemograma completo, urinálise ou um teste de gravidez) podem indicar a presença de uma hemorragia interna, de uma infecção ou de uma gravidez ectópica. A ultra-sonografia, a tomografia computadorizada (TC) ou a ressonância magnética (RM) dos órgãos internos podem ser necessárias. Algumas vezes, o médico realiza uma cirurgia ou uma laparoscopia (procedimento no qual é utilizado um tubo de fibra óptica para examinar as cavidades abdominal e pélvica), para determinar a causa da dor. Fonte: msd-brazil.com

Deixe uma resposta