Espreguiçar: o alongamento involuntário que o corpo pede

Estique, estique, estique e depois solte subitamente expirando. Coloque o braço esquerdo estendido

 

Você dispõe de alguns minutos antes de saltar da cama e começar o dia correndo de um lado para o outro? Ótimo. Pois esse é o melhor momento para você preparar o corpo para o dia que começa. Aproveite o espreguiçar para alongar os músculos e prevenir dores, torcicolos, lombalgias e até (por mais incrível que possa parecer) celulite e enxaqueca. Primeiro deixe que seu corpo seja tomado por esse movimento involuntário que é o espreguiçamento: Estique os braços para cima enquanto os pés em ponta puxam para baixo. Estique, estique, estique e solte junto com a expiração. Depois, alongue calcanhares e panturrilhas e com as mãos puxe a cabeça com a intenção de encostar o queixo no peito. Procure sempre conciliar o alongamento máximo de um movimento com a expiração. Pintou um bocejo? Ótimo: aproveite para acordar os músculos da face e começar o dia com o rosto vitalizado e tranqüilo. Espreguice também para os lados formando um grande X com o corpo, mas atenção: os braços deverão alongar a partir da linha dos ombros. Estique, estique, estique e depois solte subitamente expirando. Coloque o braço esquerdo estendido para a lateral e faça uma torção do corpo na direção contrária. Com a mão direita fechada, bata vigorosamente no glúteo esquerdo. Depois, troque de lado e repita o procedimento. Agora, dobre as pernas e as abrace sentindo bem o contato da lombar no colchão. Faça então movimentos circulares para os dois lados sentindo bem o osso sacro ( localizado mais ou menos dois a três dedos acima do cócix) rolar pelo colchão. Estique as pernas e tente segurar a ponta do dedão (melhor ainda se sua mão conseguir alcançar todos os dedos dos pés), balance de um lado para o outro como um bebê brincando. Agora, bata as pernas soltas com vigor no colchão (também como um bebê, só que desta vez fazendo pirraça). Faça movimentos circulares com os pés e as mãos, vire-se para o lado e vá sentando devagar deixando a cabeça subir por último. Bom? Pois é, tente inserir essa rotina ao se levantar e/ou ao se deitar. Sua coluna ficará feliz da vida. Laerte Vargas-Terapeuta Holístico

Deixe uma resposta