Estratégias para reduzir o estresse

Quando você está com a saúde em dia, você está mais capacitado para controlar o estresse e o

 

Ao observar situações que causam estresse em sua vida, verifique cuidadosamente sobre o porquê elas são tão aborrecedoras. Por exemplo, se o seu dia é uma fonte de estresse, pergunte a si próprio se é devido ao fato de querer realizar muitas tarefas de uma vez só ou se é devido à falta de organização (o que é bem mais provável, você não acha)? As técnicas a seguir podem ajudá-lo a amenizar algumas fontes de estresse que você pode controlar e procurar enfrentar melhor aquelas que não pode. . Planeje seu dia. Isso pode lhe ajudar a ter mais controle de sua vida. Você pode começar acordando 15 minutos mais cedo para evitar a correria pela manhã. Faça primeiro as tarefas mais difíceis. Mantenha uma programação das atividades diárias. Como imprevistos podem acontecer a qualquer momento, tenha um plano reserva – decida o que você pode fazer agora e o que pode esperar. . Simplifique sua programação. Priorize, planeje e se oriente. Aprenda a delegar responsabilidade a outras pessoas, tanto em casa como no trabalho. Não aceite responsabilidades ou compromissos se não está habituado. E não se culpe caso não se sinta produtivo a todo momento. . Seja organizado. Organize seu ambiente doméstico e profissional, não deixando os objetos espalhados para que os encontre com mais facilidade. Mantenha sua casa, carro e objetos pessoais em perfeitas condições e em segurança, evitando possíveis danos e conseqüentes reparos. . Planeje intervalos ocasionais. Reserve um tempo para relaxar, alongar ou caminhar periodicamente durante o dia. . Exercite-se regularmente. Uma atividade física regular ajuda a fortalecer os músculos e aliviar a tensão emocional. Exercite-se pelo menos 30 minutos por dia, 3 vezes por semana. . Durma melhor. Esse hábito pode lhe proporcionar mais energia para encarar o dia. Dormir e acordar sempre no mesmo horário pode lhe proporcionar um sono mais tranqüilo. . Alimente-se de forma saudável. Uma dieta balanceada, com uma variedade de alimentos saudáveis, proporciona uma mistura de nutrientes que ajudam a manter o bom funcionamento do organismo. Quando você está com a saúde em dia, você está mais capacitado para controlar o estresse e o desconforto que ele ocasiona. . Mude a rotina. Periodicamente, quebre a rotina e explore coisas novas. Tire férias, mesmo que seja por uma semana. . Seja positivo. Não há lugar para “Sim, mas…”. Procure evitar discursos negativos, mesmo que seja uma tarefa difícil, mas com algum esforço, você consegue. Aproveite para ficar ao lado de pessoas positivas, com bom senso de humor. Rir ajuda a aliviar a dor. Esse hábito libera endorfinas, substâncias químicas que agem no cérebro e que proporcionam sensação de bem-estar. Os exercícios também liberam endorfinas….caminhe, ande de bicleta ou vá para a academia, pelo menos 3 vezes por semana. . Peça ajuda. Reconheça quando precisa do apoio de amigos e familiares. Falar sobre problemas com outras pessoas pode aliviar tensões emocionais e levar a soluções que, às vezes, você não consegue resolver sozinho. . Seja paciente. Compreenda que o progresso em sua saúde pode levar tempo, mas ajuda a reduzir a ansiedade e o estresse. Solucione seus problemas Resolver problemas é uma habilidade que pode ajudar a controlar as dificuldades diárias que parecem atormentar sua vida, além de permitir que você responda satisfatória e produtivamente a elas. Desenvolver tais habilidades o ajudará a enxergar os problemas como desafios que você pode vencer. . Encontre o problema. O primeiro passo é identificar qual o problema. O que está lhe incomodando? O que está lhe preocupando? Pergunte-se se sua avaliação do problema é objetiva e concisa. . Descreva o problema. Resuma o problema, pergunte-se sobre algumas questões: Quem está envolvido? Onde e quando isso aconteceu? O que procede? O que acontece depois? Como devo agir? Que papel desempenho? A idéia não é puni-lo, mas determinar em que parte do problema você deve agir primeiro. . Liste possíveis soluções. Decida o que você deseja da situação. Considere o que você não quer que aconteça e o que precisa que aconteça para que as coisas voltem ao normal. Seja criativo e considere todas as opções, mesmo aquelas mais incomuns e, até mesmo desagradáveis. Veja se você pode agrupar qualquer uma de suas idéias – algumas vezes, uma combinação de alternativas é a melhor solução. . Observe as conseqüências. Uma vez feita a lista, observe os prós e contras para cada opção. O que acontecerá se você escolher uma solução pessoal? Como tal decisão o fará se sentir? Isso afetará os outros? O ajudará a conseguir o que quer? Quais as conseqüências a curto e longo prazo? Quanto dinheiro e energia irá precisar para solucionar o problema? Os benefícios são maiores que os custos? Agora, classifique as alternativas e escolha a opção que pareça ser a melhor. . Execute a solução. Uma vez traçado o plano, enumere as estratégias. Tente executar a opção escolhida e, então, avalie-a. Revise e reforce seu plano até que se sinta satisfeito com tudo. Fonte: Associação Paulista de Medicina

Deixe uma resposta