Explore a beleza na gravidez

Segundo o dermatologista cooperado Dr. Jacob Levites, “as morenas têm tendência maior a ter manchas

 

A gravidez é uma fase delicada na vida da mulher. Ela fica mais sensível, porém, mais feminina. E, para que esse momento seja vivido em sua plenitude, com segurança e alegria, é muito importante que a mulher se sinta bonita e atraente. O aumento dos níveis hormonais estimula as células responsáveis pela pigmentação a ficarem mais ativas durante os meses de gestação, por isso, é comum aparecerem manchas em tom amarronzado, principalmente nas regiões do rosto e colo. Segundo o dermatologista cooperado Dr. Jacob Levites, “as morenas têm tendência maior a ter manchas na pele durante a gravidez, porém, qualquer tipo de pele pode manchar nessa fase, principalmente as que têm predisposição para tal. Por isso, todas devem se prevenir”. O Sol é o grande vilão, pois desencadeia o surgimento das manchas, já que as células de pigmentação estão mais ativas, por isso, o médico recomenda evitar ao máximo a exposição prolongada a ele. “É importante sempre fazer uso do filtro solar, de preferência bloqueadores que impedem quase totalmente a ação da irradiação ultravioleta do sol”, recomenda. Quanto aos cremes, hidratantes, tonificantes, esfoliantes etc., quase todos podem ser utilizados durante a gravidez. A única restrição, segundo o Dr. Levites, são os produtos à base de ácido retinóico, “porque apresentam potencial teratogênico, que pode alterar o desenvolvimento do feto”, adverte. Quanto aos cabelos, as tinturas devem ser evitadas. “Só são permitidas as tinturas que não sejam tóxicas, de preferência as do tipo Henna”. Mas, o grande temor da maioria das grávidas é mesmo a estria. Para o Dr. Jacob Levites, “a melhor forma de evitá-las é com hidratantes naturais, como a uréia, de preferência após o banho, e usar sabonetes de glicerina neutros”. Ele também recomenda evitar banhos quentes prolongados, pois ressecam a pele. Além disso, “é importante não aumentar muito o peso, pois a pele se distende, propiciando o rompimento das fibras elásticas, que promovem as estrias”, explica. O médico sugere também que sejam feitas massagens suaves na mulher, pois ajudam a ativar a circulação local, aumentado a resistência da pele, e contribuem para o relaxamento e bem-estar das futuras mamães. Fonte: (Portal Unimeds com informações da Unimed Paulistana)

Deixe uma resposta