Fatores de risco das doenças do coração

Sal – A mais importante dica é: não exagere. A maior parte das pessoas consome, em média, dez gramas

 

 

Sal A mais importante dica é: não exagere. A maior parte das pessoas consome, em média, dez gramas de sal por dia, ou seja, quatro colheres de café cheias. E o sal, grande redutor de líquidos, pode afetar a pressão arterial. Se você é hipertenso, cuidado redobrado! Diabetes O diabetes, isto é, o aumento da taxa de açúcar no sangue, é freqüentemente associado a distúrbios como obesidade, níveis elevados de gordura no sangue e hipertensão. Como você já sabe, tudo isto aumenta o risco de doenças do coração. Quem tem no histórico da família pessoas com hipertensão, diabetes e males cardíacos tem mais chances de contrair estas doenças. Fique atento. Estresse Principalmente nas grandes cidades, a vida moderna exige cada vez mais dos indivíduos. É competição e ansiedade gerando cansaço e esgotamento profundo. O estresse vem como resposta ao organismo a estas sobrecargas físicas e emocionais e, em conjunto com outros fatores, pode contribuir para a hipertensão e doenças do coração. Desacelere! Fumo O cigarro causa entupimento das veias e artérias podendo levar ao aumento da pressão e do ritmo dos batimentos cardíacos.

 

Resultado: problemas de circulação agravados. O fumo ataca diretamente os pulmões, o que prejudica a troca do sangue impuro pelo sangue carregado de oxigênio, que garante a vida. Além disso está diretamente relacionado à maior incidência de todos os tipos de doenças malígnas (câncer). Idade Se você já passou da meia-idade, é bom fazer visitas periódicas ao seu médico. Em homens e mulheres, o envelhecimento aumenta as chances de hipertensão e doenças do coração. E para as mulheres: na menopausa, a tendência ao desenvolvimento de doenças cardíacas é maior. Álcool Consumir bebidas alcoólicas com freqüência eleva as chances de hipertensão e males do coração, como a insuficiência cardíaca. A doença faz o coração perder a força e não bombear sangue para o corpo inteiro. Portanto, evite tomar bebidas alcoólicas freqüentemente. Colesterol Gordura ou colesterol em excesso no sangue formam placas dificultando a circulação sangüínea. A conseqüência é a obstrução das artérias que levam aos males do coração e dos outros órgãos. Alimentação saudável é vida longa e tranqüila. Lembre disso! Sedentarismo Ficar parado não leva a lugar nenhum. Não para o seu coração! Uma vida sedentária, sem qualquer tipo de atividade física, encurta o caminho para os problemas cardíacos. Então, mexa-se! Exercícios físicos regulares tonificam o corpo, reduzem o peso e “queimam” gorduras. Obesidade Quanto maior o peso, mais esforço para o coração. Por isso, conscientização alimentar acompanhada de exercícios físicos regulares é um prato cheio para um organismo equilibrado e saudável. Abuse de verduras, frutas, legumes e esporte! Fonte: Golden Cross

Deixe uma resposta