Fique atento aos nódulos nos testículos

Se o nódulo ou o aumento testicular for

 

Sinônimos/nomes populares: Os nódulos de testículo também são chamados de massas testiculares ou tumores testiculares. Tumor é um nome genérico para aumentos de volume localizados, tanto de origem benigna ou maligna. Popularmente são chamados de várias maneiras como caroço, bola. O que é? São crescimentos localizados ou não que ocorrem no testículo. Geralmente são encontrados pelo paciente ou sua parceira. O volume do nódulo pode variar desde poucos milímetros (tamanho de um grão de arroz) até vários centímetros (envolvendo todo o testículo). As massas testiculares podem ser um sinal de câncer, principalmente em jovens entre 20 e 35 anos. Se o nódulo ou o aumento testicular for doloroso deve-se pensar nas seguintes causas: . Traumatismo local (bolada, chute) . Orquiepididimite . Orquite pós-caxumba . Torção de testículo . Se pelo contrário, for indolor: Câncer . Hidrocele (“água nos testículos”) . Hérnia . Varicocele Existem outras causas de massas testiculares ou escrotais. O diagnóstico mais importante é o do câncer de testículo. Como se faz o diagnóstico? O paciente ou sua parceira notam massa testicular ou escrotal, às vezes por acaso, ao manusear o órgão, principalmente se essa massa for indolor. Noutras situações, a dor traz o paciente ao médico (como nas orquiepididimites e torção de testículo).

 

Aumento de volume interferindo com a estética do escroto é outra causa de procura médica (é o caso das hidroceles). História de traumatismo escrotal durante luta ou esporte é freqüentemente relatada pelos pacientes. A história, presença ou não de dor, presença de nódulo localizado, idade do paciente, localização do nódulo no testículo são dados importantes no diagnóstico diferencial. Exames de urina, urocultura, marcadores tumorais, hemograma, ecografia abdominal e escrotal complementam o diagnóstico. Como se trata? As orquiepididimites são tratadas com repouso, analgésicos e antiinflamatórios, suspensório escrotal e antibióticos. Se for o caso de torção de testículo, o tratamento é cirúrgico e de emergência. As hidroceles e as varicoceles também podem ter tratamento cirúrgico, embora cada caso deva ser bem individualizado. Se houver suspeita de tumor maligno de testículo, o paciente deve ser levado à cirurgia. Exames pré-operatórios incluem marcadores tumorais séricos (substâncias que indicam a presença de tumores). A cirurgia consiste no exame do testículo através de uma biópsia. No caso de confirmação de tumor maligno, todo o testículo é retirado (orquiectomia). O tratamento posterior a ser instituído dependerá do tipo de tumor e da presença ou não de metástases. Fonte: Medcentersul

Deixe uma resposta