Gelatina e colágeno

Gelatina contém proteínas que fornecem aminoácidos essenciais para a manutenção de ossos e tecidos A gelatina é extraída

 

Gelatina contém proteínas que fornecem aminoácidos essenciais para a manutenção de ossos e tecidos A gelatina é extraída do colágeno, especialmente do bovino. Ela contém uma série de fragmentos de proteínas que fornecem aminoácidos essenciais ao corpo para a manutenção de ossos e tecidos. O organismo começa a reduzir a produção de colágeno a partir dos 25 anos de idade. Aos 50, produz apenas 35% do colágeno necessário ao organismo.

 

Sem o colágeno, o tônus muscular sofre uma diminuição, atingindo a saúde dos ossos, pele, unhas e cabelos, fazendo com que se tornem menos resistentes, percam a elasticidade, o brilho e reduzam o crescimento, facilitando o aparecimento de estrias e celulite, levando ao envelhecimento dos tecidos do corpo. O colágeno reforça os tendões e ligamentos que unem os músculos aos ossos. A gelatina ajuda na nutrição destes tecidos, mantendo a hidratação e integridade das articulações, desempenhando assim um papel importante na prevenção e no tratamento de dores articulares, artrose e osteoporose.

É um nutriente isento de gorduras,colesterol ou carboidratos. Pode ser adquirida em folhas, em pó com sabor, ao natural ou em cápsulas. Mas há diferença entre a gelatina que compramos no supermercado para sobremesa e a gelatina vendida em casas de produtos naturais e suplementos alimentares. Nestes últimos, geralmente encontramos o colágeno em pó, ou em cápsulas, que é o colágeno em sua forma pura. Já a gelatina que compramos no supermercado, também tem colágeno na composição, porém, em menor quantidade. Por Marco de Cardoso Fonte: bemstar.globo.com

Deixe uma resposta