Gordura: especialista dá oito dicas para evitar este mal

Manter a forma não é apenas uma questão de beleza, mas de saúde. A obesidade preocupa as autoridades brasileiras, pois

 

Manter a forma não é apenas uma questão de beleza, mas de saúde. A obesidade preocupa as autoridades brasileiras, pois 40% da população está acima do peso, segundo pesquisa do Ministério da Saúde. O consumo de gordura é um dos principais vilões na alimentação saudável. A ingestão diária deve ser de no máximo 30% do valor calórico. Não é apenas para o corpo que a gordura faz mal. Uma pesquisa recente da Universidade de Campinas (Unicamp) revelou que o consumo de alimentos gordurosos tem efeito direto no cérebro. Isso acontece porque a gordura presente nos alimentos impede que os hormônios responsávei pela sensação de saciedade sejam reconhecidos pelo órgão.

 

Com isso, o organismo não recebe o “aviso” que é hora de parar de comer e as pessoas com uma alimentação balanceada sentem menos fome que as outras. A combinação de alimetação correta e exercício físico implica não somente uma fase, mas uma mudança de vida. A nutricionista Cinthya Maggi selecionou oito dicas para equilibrar a ingestão de gordura. Confira: 1- As gorduras devem ser utilizadas com moderação. Por isso prepare os alimentos com pouco óleo, preferindo opções mais saudáveis como o óleo de canola e o azeite de oliva.

Prefira carnes magras, sem gordura aparente e aves sem pele, para diminuir o colesterol. 2- Em vez defritar, asse ou grelhe os alimentos. O cozimento à vapor também é uma boa opção. 3- Prefira o leite desnatado ou semidesnatado e substitua os laticínios tradicionais por sua versão light, com redução de gorduras, como os queijos, iogurtes, requeijões, etc. 4- Fuja dos alimentos que contêm gordura trans, uma das mais prejudiciais ao organismo. Todos os produtos industrializados são obrigados a trazer no rótulo a informação sobre quais gorduras e a quantidade do nutriente presente no alimento. 5- Alimentos lights são aqueles que reduzem em no mínimo 25% a quantidade de algum tipo de nutriente como as gorduras e os açúcares, por exemplo. Podem ser uma boa opção no controle do peso.

Os diet substituem um dos componentes, como por exemplo, o açúcar pelo adoçante. Verifique sempre a quantidade de gorduras destes alimentos, pois em alguns casos podem conter mais gorduras, como é o caso do chocolate diet. 6- Cuidado com o excesso de sódio e gorduras de alimentos industrializados como condimentos em tabletes, pastas, salgadinhos, pratos prontos, etc. 7- Consuma pelo menos 2 litros de água por dia,. Ajuda a hidratar o corpo, além de ajudar na eliminação de toxinas pelos rins. 8- A recomendação para ingestão de gordura é de 1 a 2 porções diárias, sendo que 1 porção corresponde a: · Azeite de oliva – 7,6g – 1 colher (sopa) · Creme vegetal – 14g – 1 colher (sopa) · Margarina light – 19,7g – 1 colher (sopa) · Manteiga – 9,8 – ½ colher (sopa) *Fonte: – Pirâmide Alimentar Adaptada da Universidade de São Paulo –USP

Deixe uma resposta