Gravidez: o que fazer para melhorar náuseas e vômitos

O fato das náuseas e vômitos serem piores em pacientes com condições que aumentam os níveis desse

 

As náuseas são os sintomas mais comuns do início da gestação, desaparecendo normalmente quando termina o primeiro trimestre. A causa provável das náuseas serem piores nessa fase da gestação é a gonadotrofina coriônica humana (hCG). O hCG é sintetizado pela placenta e alcança níveis máximos por volta da 12ª semana de gestação. O fato das náuseas e vômitos serem piores em pacientes com condições que aumentam os níveis desse hormônio, como gestação gemelar e neoplasia trofoblástica gestacional, falam a favor dessa hipótese. Há também a associação de fatores psicológicos envolvidos na potencialização das náuseas e vômitos, sendo mais comuns esses sintomas em gestações não planejadas e de risco, e pouco freqüentes em mulheres nas quais a gestação é diagnosticada tardiamente (após o primeiro trimestre). Esses sintomas são mais intensos pela manhã e após jejum prolongado. Sendo piorados por cheiros (de alimentos, cigarro, etc) e paladar (pasta de dente, doces, alimentos específicos, variando para cada gestante). Para melhorar as náuseas e vômitos é recomendado: . Evitar jejuns prolongados, fracionando as dieta; . Ingestão de alimentos secos (pão, torrada), ricos em carboidratos (de fácil digestão e fonte de energia); . Ingestão de líquidos (gelados normalmente têm melhor aceitação); . Eliminar frituras, condimentos e alimentos que causem piora dos sintomas; . Apoio psicológico. Caso essas medidas não melhorem as náuseas e os vômitos, a gestante deve conversar com seu médico. Ele poderá avaliar a necessidade de prescrição de medicamentos ou outras condutas que ajudem a gestante a conseguir uma nutrição adequada no início e durante a sua gestação. Fonte: CPDT – Centro Pré-Natal de Diagnóstico e Tratamento

Deixe uma resposta