Gripe, resfriado e nariz entupido: como evitar

Na gripe, pode haver febre alta, dor de garganta e tosse forte. Sem falar na secreção incessante

 

Como acontece: Pegue má alimentação e estresse. Adicione ar frio, seco e poluído. Essa mistura explosiva diminui as defesas do corpo e favorece o aparecimento de gripes e resfriados, infecções provocadas por vírus. O responsável pela gripe é mais agressivo: trata-se do influenza. O rinovírus, entre outros, causa os resfriados. Esses germes se instalam em áreas como o nariz, a faringe ou a laringe, causando inflamação. O influenza, porém, pode ir para outras partes do corpo. Sintomas: Duram de sete a dez dias. Na gripe, pode haver febre alta, dor de garganta e tosse forte. Sem falar na secreção incessante do nariz. Além disso, a pessoa sente-se fraco. Notam-se também dores pelo corpo. Outros sinais são nariz entupido, espirros e rouquidão. Nos resfriados, os sintomas são semelhantes aos da gripe, porém mais amenos. Tratamento: Como não há medicamentos para combater o vírus, o organismo se encarrega de se livrar dos invasores. Para aliviar os sintomas, recomendam-se, sob orientação médica, descongestionantes nasais e analgésicos. Aconselha-se ainda gargarejo com água morna e sal para diminuir a dor de garganta. Prevenção: Evite bebidas muito geladas, lugares com ar-condicionado e ambientes poluídos. E, se o cigarro estiver entre os seus hábitos, é melhor abandoná-los. Todos esses fatores diminuem as defesas do corpo. É importante imunizar-se uma vez por ano, antes do inverno, com a vacina antigripal. E fique longe de locais fechados e com muitas pessoas: eles favorecem a transmissão do vírus. Fonte: Revista Saúde – ed. 187

Deixe uma resposta