Kundaline yoga: saúde para o corpo, mente e alma

Despertar essa energia com a prática de Kundaline Yoga não é um processo relâmpago, e sim

 

A Kundaline Yoga surgiu na Índia há mais de 4.000 anos e lá permaneceu até 1969, quando um mestre indiano, Yogi Bra-jan, foi para os Estados Unidos e ali passou não só a dar aulas de Kundaline, mas também a formar professores. Esses professores foram enviados para vários países, formando mais de 100 núcleos onde se ensina Kundaline Yoga. A Kundaline Yoga é uma forma de auto-desenvolvimento, promove a inte-gração do corpo, mente e alma. Este estado é alcançado por meio dos asanas (posturas e exercícios), pranayamas (respiração controlada), meditação, filosofia e estilo de vida yóguico. Kundaline Yoga, ou Yoga da Consciência, leva o nome de uma energia que todos guardamos no primeiro chakra, na base da coluna, conhecida como energia Kundaline, que é a energia da alma, e representa a energia da mais alta consciência. Despertar essa energia com a prática de Kundaline Yoga não é um processo relâmpago, e sim um amadurecer gradual, que pode durar anos ou toda a vida. Portanto, o propósito é alcançarmos uma saúde ótima, o amor, o bom humor e todos os valores humanos. Cada vez que praticamos, avançamos um passo. Muitos benefícios vêm dessa prática. Os principais são: . desenvolve a percepção; . potencializa a concentração; . estimula a intuição e a criatividade; . auxilia no funcionamento dos sistemas; . substitui padrões negativos por hábitos saudáveis; . aumenta a capacidade para lidar com as pressões externas (stress) e internas (depressão, ansiedade); . aumenta a flexibilidade e a disposição física, além dos benefícios específicos trabalhados a cada aula. A prática de Kundaline Yoga tem muitos exercícios dinâmicos e combinados com respiração, além de mantras e meditação. Uma frase resume essa prática maravilhosa: “Seu direito de nascimento é ser saudável, feliz e divino”. Venha experimentar! Dra. Maria Filomena Antonio é instrutora de yoga e acupunturista (11-9830-0663) Fonte: www.jornalmexa-se.com.br

Deixe uma resposta