Mantendo a saúde e a beleza na gravidez!

O cuidado com a pele deve ser constante, uma

 

Planejada ou não, a gravidez é o momento sublime na vida da mulher, e do exato instante da notícia em diante, tudo se transforma, até os olhos adquirem um brilho especial, reflexo da felicidade interior de estar esperando um bebê. Além do turbilhão de emoções, os hormônios também trazem alterações físicas, algumas bem temidas neste período: manchas, queda de cabelo, unhas quebradiças e ganho de algumas gordurinhas localizadas.

 

Outras alterações se instalam sorrateiramente, em decorrência do processo “gravídico”, como vasinhos nas pernas, estrias e aumento do peso. É lógico que, mesmo a mais feliz das grávidas, se sente um pouco desconfortável com todas essas “novidades”, que vão aparecendo ao longo dos nove meses e, de vez em quando deve surgir uma interrogação: será que depois tudo volta ao normal? Em primeiro lugar, uma gravidez saudável, sem ganho de peso em excesso, ajuda a minimizar muitos problemas, uma dieta individualizada e bem balanceada é muito importante nestes noves meses. O cuidado com a pele deve ser constante, uma limpeza adequada é fundamental para controlar a oleosidade, que piora com o estímulo hormonal, sendo o responsável pelo aparecimento de acne. Poucas substâncias são permitidas para uso tópico, por isso a fototerapia, medida terapêutica que utiliza uma fonte de luz azul e, que dispensa uso de medicamento, é uma opção dos casos de acne mais intensos na gravidez.

Outro cuidado fundamental é o uso do filtro solar, que pode evitar o aparecimento das indesejáveis manchas da gravidez, conhecidas como “melasma”, pois a exposição ao sol neste período, associada a alterações hormonais que estimulam a melanina, são os desencadeadores deste quadro. A queda dos cabelos é outro fenômeno comum, que pode piorar após o parto, sendo revertido nos meses seguintes, por isso, se faz necessário à utilização de produtos específicos para esta fase, bem como manter a hidratação dos fios, restaurando assim, a maciez e o brilho. Uma queixa comum nesta fase é o prurido, ou seja, aquela coceira desconfortável decorrente do aumento da circulação e do ressecamento da pele, por isso a hidratação do corpo também é fundamental para evitar o rompimento das fibras elásticas e colágenas, provacado pela distenção abdominal, gerando o aparecimento das estrias.

O estado “gravídico” gera na mulher uma labilidade emocional que a deixa mais sensível a qualquer estímulo externo. O apoio familiar e o acompanhamento médico adequado são extremamente importantes para preservar o equilíbrio físico e mental nesta fase, pois mesmo diante de tantas alterações, é sem dúvida um momento único que deve ser vivido na sua plenitude. Além da preocupação com a saúde do bebê, que é muito importante, a futura mamãe, também não pode esquecer de cuidar da sua saúde física durante a gestação, pois atualmente existem programas de tratamento eficazes para manter a saúde e a beleza durante esses inesquecíveis nove meses! Qualquer dúvida, procure sempre seu dermatologista. “A relação médico-paciente é fundamental neste período.” Fonte: Clínica Dermatológica Paula Bellotti

Deixe uma resposta