Nutricionista e sua atuação

 

Muito além da cozinha e da dieta A alimentação tem sido muito abordada nos dias de hoje pela mídia, e por profissionais da área de saúde, dentro da alimentação a Nutrição do organismo exerce um papel fundamental para que possamos manter o corpo equilibrado e saudável,

é importante então conhecer a função do nutricionista e como esse profissional pode auxiliar para a melhora do hábito alimentar da população em geral. Dentro da área conhecida como Produção: pode exercer o papel de administrador / supervisor de unidades de alimentação (cozinhas industriais, restaurantes, lanchonetes etc) neste caso, o profissional poderá realizar deste a elaboração do cardápio (a partir de parâmetros de qualidade visando à saúde dos clientes), até a seleção de fornecedores, realização de pedidos de compra de produtos, avaliação de custos, treinamento e supervisão de funcionários, adequação do espaço às normas de vigilância (ANVISA), desenvolvimento de manuais de procedimentos e controle de qualidade.

O Marketing também é um setor onde o nutricionista pode atuar, divulgando marcas ou produtos específicos de acordo com a sua função (foco) e ainda neste caso na criação de produtos, junto a outros profissionais envolvidos,por exemplo engenheiro de alimento, através da sua colaboração para formular a sua composição, avaliando os ingredientes que são necessários para cada produto de acordo com seu objetivo e mantendo o foco na qualidade (saúde). Agregada a esta função está também a área comercial, que resumidamente pode ser descrita como a divulgação para revendedores ou prescritores, dependendo do tipo de item comercializado, desde alimentos até suplementos e também serviços (terceirização de cozinhas industriais).

A atuação do nutricionista envolvido com Educação Nutricional, trabalho que pode ser desenvolvido em escola consiste em formar hábitos alimentares saudáveis em crianças e adolescentes não através da simples informação do que pode ou não ser saudável mas sim, pelo conhecimento e participação dos “alunos” com o processo alimentar e seu benefício, saúde. Este mesmo processo pode ser levado á empresas com o objetivo de qualidade de vida, melhorar o rendimento de funcionários através da boa alimentação, prevenir e aliar ao tratamento médico, quando for o caso, a nutrição adequada.

Na área de saúde (consultórios, hospitais, clínicas e postos de saúde) sua função está envolvida não só com emagrecimento, mais popular atualmente, mas principalmente com a prevenção de doenças, equilíbrio alimentar de uma forma geral (Reeducação alimentar), acompanhamento nutricional em casos de patologias específicas como hipertensão (pressão alta), diabetes, doenças do rim (nefrologia), de pacientes com câncer, com uso de dieta enteral (alimentação por sondas), e ainda em algumas fases da vida como na gestação (pré e pós-parto), amamentação, terceira idade, obesidade e atletas ou esportistas também necessitam de orientação nutricional dependendo de em qual momento do treinamento ou provas possam se encontrar.

Orientação Nutricional: A orientação nutricional é necessária para todas as situações acima. Vale ressaltar que uma alimentação adequada está relacionada ao momento em que o cliente se encontra, e este irá variar em vários momentos da vida desde a mudança de rotina até a faixa etária. Uma pessoa que se alimenta corretamente pode diminuir sintomas desde stress (quadro “psicológico”) até taxas de colesterol aumentadas (quadro clínico) através dos alimentos a partir do momento em que seja orientada corretamente. Consultório de Nutrição Dra. Ana Claudia Montezino CRN3 5510

Mini Curriculum: Especialista em Nutrição Materno Infantil pela UNIFESP/EPM. Atuou em clínica: Hospital e Maternidade São Luiz – Unidade Itaim (SP) e Hospital Alemão Oswaldo Cruz (SP). Atendimento em consultório desde 1996 e Home Care desde 2001. Autora do livro Forma Light – Editora Nobel – 2006 Ministrante de palestras e cursos para empresas e nutricionistas.

Deixe uma resposta