O que é acupuntura?

Pode ser entendida como um conjunto de procedimentos terapêuticos que visam introduzir estímulos

A acupuntura é um dos componentes da Medicina Tradicional Chinesa. No Brasil, foi reconhecida como especialidade médica em agosto de 1995, e está inserida no SUS desde o ano de 1988. O exercício da acupuntura exige a elaboração de diagnóstico, prognóstico e instituição de procedimento terapêutico invasivo.

Pode ser entendida como um conjunto de procedimentos terapêuticos que visam introduzir estímulos em certos lugares anatomicamente definidos – os pontos de acupuntura – a fim de obter do organismo, em resposta, a recuperação global da saúde, ou a prevenção da doença, através de incremento dos processos regenerativos, de normalização das funções orgânicas de regulação e controle, de modulação da imunidade, de promoção de analgesia, de harmonização das funções endócrinas, autonômicas e mentais. A acupuntura é um procedimento seguro? Desde que realizada por médico capacitado, a acupuntura é um procedimento seguro e desprovido de efeitos colaterais.

Reações adversas à acupuntura estão em geral associadas à má formação de quem a pratica. É importante ter em mente que embora a acupuntura esteja livre das dependências e dos efeitos colaterais associados ao uso dos medicamentos, constitui um procedimento invasivo e que exige conhecimentos de anatomia topográfica, fisiologia e sobretudo clínica médica. A elaboração de um diagnóstico, inclusive diferencial, o estabelecimento de prognóstico e a instituição do tratamento adequado, são fatores imprescindíveis para se evitar o simples mascaramento de sinais e sintomas, com todas as conseqüências negativas que isso possa acarretar. Em todos os casos, o paciente deve manter seu médico informado sobre os medicamentos de que faz uso, se está ou suspeita estar grávida, ou se usa marca passo ou implantes cosméticos. Sociedade Médica Brasileira de Acupuntura

Deixe uma resposta