Odontologia: estética e saúde andam juntas

O contexto social da estética O desejo de parecer atraente já não é mais

 

 

O contexto social da estética O desejo de parecer atraente já não é mais considerado um sinal de vaidade. Em um mundo competitivo dos pontos de vista econômico e social, uma aparência agradável é uma necessidade. Já que a face é a parte mais exposta do corpo e a boca uma característica proeminente, os dentes estão recebendo cada vez mais atenção. O público tornou-se mais consciente do “auxílio à natureza” que os astros do cinema e da televisão vêm usando para melhorar a aparência, e descobriu que eles usam técnicas de estética dental para se tornarem mais apresentáveis e atraentes. Hoje, damos muita importância à saúde e à vitalidade. Na realidade, estas duas palavras são agora interligadas com imagens de beleza. Pesquisas revelam que pessoas atraentes têm empregos mais prestigiosos e melhores salários. Muitos estudos sobre a auto-estima ilustram que a imagem do corpo é um dos principais elementos de auto-rejeição. A televisão nos impõe um padrão extraordinariamente alto de atração física. A Odontologia Estética demanda atenção aos desejos do paciente e ao tratamento dos seus problemas individuais.

 

Ela é a arte da odontologia em sua forma mais pura. O objetivo não é sacrificar a função, mas sim usá-la como base da estética. Os motivos pelos quais os pacientes procuram por tratamento estético são tão variados e intrincados quanto as razões pelas quais eles o evitam. O sentimento e o cuidado dos adultos em relação à sua boca, geralmente, refletem experiências bucais evolutivas passadas, presentes e futuras. Os adultos, na segunda década de vida, podem não ter desenvolvido um senso da importância do tempo no ciclo da vida. A falta de cuidado oral pode refletir uma negação de mortalidade e da degeneração do corpo. Entre os 35 e os 40 anos de idade, os adultos reconciliam-se com o fato de que estão envelhecendo e surge um interesse renovado de auto-preservação. Este interesse, geralmente, é direcionado a vários tipos de melhoras pessoais, tais como Ortodontia, Reabilitações Protéticas, Restaurações Estéticas, Cirurgias Periodontais, Cosméticas, Plásticas ou Ortog-nática, ou qualquer combinação destas. Daí, a importância da interação multidisciplinar na odontologia, integrando todas as especialidades para alcançar uma aparência estética saudável e principalmente funcional. (Fonte: Goldstein, R.E. – A Estética em Odontologia) Fonte: jornalmexa-se.com.br Os drs. Hermano, Cassiano e Kátia são cirurgiões-dentistas da Caodaglio, Odontologia Especializada (11-4816-5245) www.nutribel.com.br/produto.php?cod_produto=314200

Deixe uma resposta