Os mistérios dos minerais

Cálcio Participa da transmissão de impulsos nervosos e contrações musculares. Reduz sintomas da TPM (Tensão Pré

Cálcio Participa da transmissão de impulsos nervosos e contrações musculares. Reduz sintomas da TPM (Tensão Pré Menstrual). Promove o bom humor. Regulariza a pressão arterial e os batimentos cardíacos. Acerte nas escolhas: leite e iogurte desnatados, queijos magros, leite de soja enriquecido. Magnésio Participa da produção de energia, da contração muscular, da manutenção da função cardíaca normal e da transmissão dos impulsos nervosos.

 Acerte nas escolhas: soja e derivados (leite, suco, tofu), tomate, caju, peixes, espinafre, arroz integral, aveia e cereais fortificados, nozes e castanhas. Selênio Alguns estudos sugerem que este mineral antioxidante tem grande participação no estado de humor. Pessoas que tem carência de selênio são mais depressivas, irritadas e ansiosas. Acerte nas escolhas: castanha do Pará, nozes, amêndoas, atum, semente de girassol, trigo integral, peixes. Transformar os hábitos alimentares fica mais fácil quando se planejam pequenos rituais. Eles forçam leves mudanças, que, somadas, refletem uma grande conquista. Em doses homeopáticas, a cobrança diminui e os resultados aparecem mais.

Relacionamos abaixo sugestões explicadas que podem ajudar a criar os próprios rituais à mesa: 1. Diminua o ritmo e mastigue com vontade. Demore, no mínimo, vinte minutos para realizar uma refeição. Quanto mais tempo, parece que você está comendo mais e a sensação de satisfação é maior. 2. Cada vez que se sentar à mesa, pense em apreciar o sabor da comida, a conversa e a companhia. 3. Coma apenas quando estiver sentado. Isso ajuda você a pensar o quanto você está consumindo. 4. Sirva-se uma só vez. 5. Se os pratos da sua casa são muito grandes, diminua o tamanho da louça. 6. Tome alguns goles d`água antes de iniciar a refeição. 7. Se der vontade de beliscar no meio da tarde, espere dez minutos. Lanches entre as refeições são, normalmente, atos impulsivos. Se esperar, talvez você perceba que não está mesmo com fome. 8. Mantenha alimentos saudáveis, como frutas e vegetais, em destaque nas prateleiras da geladeira. 9. Quando estiver em casa, em vez de servir as bandejas na mesa, faça seu prato na cozinha e sente-se na sala de jantar. Mesmo se você não estiver mais com fome, existe uma probabilidade maior de você repetir o prato quando a comida estiver na sua frente. 10. Em restaurantes ou em outras casas, não tenha cerimônia de deixar comida no prato, caso se sinta satisfeito. 11. Quando quiser comer uma sobremesa, biscoito ou salgadinho, decida antes a quantidade e sirva em um prato. Se beliscar direto do pacote ou da caixa, você pode acabar comendo mais do que quer. 12.

Evite atividades mentais ou físicas intensas logo após as refeições. Elas reduzem o fluxo de sangue ao intestino. Podem provocar indigestão ou baixa absorção dos nutrientes pelo organismo. 13. Não durma logo após as refeições. O ideal seria esperar no mínimo quatro horas depois do jantar antes de ir dormir. De acordo com a medicina chinesa, entre uma e três da manhã, o fígado funciona melhor. Quanto mais longe do horário preferencial de atividade do fígado as refeições são feitas, mais ele realiza suas funções com eficiência, inclusive a purificação do sangue. 14. Escove os dentes logo depois de comer. Esse hábito não apenas deixa seus dentes e gengivas saudáveis como também impede você de beliscar logo depois das refeições. 15. Se você acordar no meio da noite com fome porque o estômago parece ácido, misture meia colher de chá de bicarbonato de sódio em meio copo de água e beba, em vez de comer. O bicarbonato de sódio é o mais natural anti-ácido. Tanto que o suco pancreático é rico em bicarbonato e neutraliza a ação do ácido hidroclorídrico no intestino. 16. Evite muita variedade de alimentos em uma só refeição. Quando se mistura muitos ingredientes na mesma refeição, o sistema digestivo não consegue, ao mesmo tempo, manufaturar todas as enzimas necessárias para tomar conta da digestão e assimilação de nutrientes. Isso explica porque, além da gula, muitas pessoas se sentem pesadas ao almoçar em restaurantes a quilo. Fonte: www.surfmc.com

Deixe uma resposta