Os sete mandamentos para uma terceira idade feliz

1º Mandamento: Perdoar Guardar mágoas, cultivar histórias mal resolvidas,

 

 

. 1º Mandamento: Perdoar Guardar mágoas, cultivar histórias mal resolvidas, sem fechar essas portas de vez, pode ser tão prejudicial quanto não controlar o colesterol. 2º Mandamento: Ser solidário Altruísmo, aquele que faz pelos outros o que gostaria que se fizesse por ele. Essa regra áurea de amor ao próximo é muito importante para se ter sucesso na Terceira Idade. 3º Mandamento: Ser grato Saber ser grato a tudo: aos pais, aos filhos, à família, à escola, etc., com certeza lhe fará ser uma pessoa mais feliz. Logo, a saúde também se constrói com gratidão. Devemos nos lembrar que viver é estar sempre à espera de uma atitude positiva. 4º Mandamento: Não se sentir doente (mesmo que esteja). É outra revelação da ciência: envelhece bem quem, mesmo doente, não se sente doente.

 

5º Mandamento: Reinventar a aposentadoria Ter uma ocupação é um dos principais mandamentos do envelhecer saudável. Procure manter-se em atividade, mesmo que seja em um trabalho voluntário (creches, asilos, etc.). 6º Mandamento: Ser feliz no casamento Foi uma das grandes descobertas da Universidade de Harvard: um casamento feliz na maturidade quase sempre leva a um bom envelhecimento. 7º Mandamento: Gostar de Viver Este é o último ensinamento da pesquisa: ainda que todos tenham problemas, por piores que pareçam, envelhecer e ser feliz não é sonho, pois, para isso, podemos também contar com a ajuda do outro, das pessoas boas que passam por nós.

A doença, a fragilidade, a inatividade, a dependência e a solidão, são imagens que devem ser afastadas da Terceira Idade. A família deve assumir a sua importância e responsabilidade perante o idoso; compreendendo-o, apoiando-o e protegendo-o, pois esse comportamento é importante para a construção e consolidação desta fase feliz da existência, que é a do envelhecimento com dignidade, com plena transmissão de experiência e sabedoria. Fonte: Assim

Deixe uma resposta