Problemas bucais causam baixa na auto-estima

 

Saúde bucal Problemas bucais causam baixa na auto-estima com prejuízo à imagem pessoal na sociedade. Males como mau hálito, cáries e escurecimento dentário podem ser tratados com ida semestral ao dentista. “O mais perdido de todos

os dias é aquele em que não se riu”, já dizia o escritor Sebastian Chamford. Ter um sorriso cativante e bonito é motivo de auto-estima elevada. Contribui para rejuvenescer as feições e encantar o interlocutor. Afinal de contas quem sorri pouco é logo intitulado de sério. Mas para uma grande parcela da população brasileira, o hábito de não exibir os dentes pode ter por trás problemas bucais como cáries, diastemas ou dentes separados, mau hálito, escurecimento dentário e até mesmo perda da dentição. De acordo com o odontólogo Hermano Silvestre, manter os dentes e a boca bem cuidados é o primeiro passo para garantir um sorriso saudável, aumentando a auto-estima e também provocando uma melhora fonética. Para isso, a higienização bucal após as refeições é tão importante quanto a visita semestral ao dentista.

Além disso, o paciente deve ter cuidado durante a escovação. “Não podemos ter pressa em escovar os dentes para que a higiene seja completa, alcançando toda a superfície dos dentes e ainda limpando a gengiva e a língua.” Muitos dos casos de mau hálito estão, por exemplo, diretamente relacionados ao cuidado com a boca. “O mínimo para manter um bom hálito é escovar os dentes e raspar a língua”, acrescenta Silvestre. O dentista lembra que pessoas que sofrem de mau hálito acabam sofrendo críticas em casa e nos locais de trabalho, comprometendo o rendimento e a qualidade de vida. Outros problemas podem causar o mau hálito como os estomacais, mas o odontólogo é o especialista indicado para orientar o paciente em relação a tratamentos ou até mesmo ao redirecionamento para outro profissional de saúde.

Outro problema bucal bastante comum são as cáries, que quando não são contornadas a tempo ou com o mínimo cuidado estético pode ocasionar uma boca com muitas restaurações, tornando o aspecto desagradável. Seguindo as tendências das estrelas hollywoodianas, é grande a procura nos consultórios pelas técnicas de clareamento dentário a laser. “Como nos filmes e nos comerciais, as pessoas querem ter dentes brancos e acreditam que assim se sentirão mais belas. Daí a crescente busca pelo clareamento. Hoje, são pelo menos cem pessoas por ano procurando este serviço na clínica.” Entre os fatores que ocasionam o escurecimento dentário está a alimentação rica em corantes, o hábito de tomar café ou fumar cigarro. “O dente manchado pode deixar o paciente mais introspectivo e fragilizado diante de desafios”, sugere Silvestre.

Tratamentos ortodônticos ou utilização de resinas também podem solucionar o problema dos dentes separados, conhecido como diastemas. Por fim, a perda de dentição também afeta a auto-estima dos adultos, especialmente aqueles em idade avançada. “A perda dos dentes ainda é muito relacionada à velhice, porém, tem implicações sérias para a vida social e até mesmo para o bem-estar psicológico”, finaliza Silvestre.

Rachel Motta: jornalista {Journalist} Tel.: Direto 00 55 81 3366.9653 PABX. 00 55 81 3366.9666 Cel.: 00 55 81 9924.5344 E-mail: rachel@exclusivabr.com MSN: rachel-exclusiva@hotmail.com Skype: rachel-exclusiva www.exclusivabr.com

Deixe uma resposta