Prótese total (dentaduras): quando trocar?

A pessoa que faz uso de uma prótese total (dentadura) deve estar atenta

 

 

A pessoa que faz uso de uma prótese total (dentadura) deve estar atenta a qualquer alteração em sua boca, identificando o momento certo de efetuar a sua troca. Com o passar dos anos, todos os indivíduos sofrem uma perda óssea, que interfere diretamente em sua mastigação e na própria estética. Por isso, observe alguns sintomas que indicam a necessidade de adaptação da prótese: . Dores na nuca: ocasionadas pela tensão dos músculos durante a mastigação; . Dores no ouvido: provocadas pela mudança de articulação entre a base da cabeça e o osso maxilar inferior; . Queilite Angular (rachadura no canto dos lábios) : ocorre quando a distância entre o maxilar superior e maxilar inferior é reduzida.

 

Outro dado importante: se a sua prótese total estiver desgastada ou quebrada, os cuidados com a higiene devem ser redobrados, porque essas condições facilitam a retenção de bactérias, causando mau hálito e até infecções microbianas, como a candidíase (sapinho). Em estágios mais avançados, quando a prótese está machucando a gengiva, os problemas podem assumir contornos mais sérios, provocando até mesmo o câncer bucal. Mesmo tendo perdido os dentes, ainda restam a gengiva, os músculos e outras estruturas que se relacionam com sua boca e que exigem medidas de cuidado. Portanto, a prevenção ainda é essencial para manter a sua qualidade de vida. Use prótese bem adaptada, sua boca agradecerá! Fonte: www.vitalita.com.br www.nutribel.com.br/produto.php?cod_produto=314200

Deixe uma resposta