Regras de ouro para a futura mãe

Hábitos não saudáveis devem ser abolidos, pois a vida que cresce dentro de você vale mais do que

 

A alegria de saber que um ser pequenininho está crescendo dentro de si deve ser um fator impulsionador de um outro sentimento: a responsabilidade. Seu bebê é indefeso e depende muito do seu bom senso para se desenvolver de maneira sadia. Para isso, alguns cuidados devem ser iniciados nos primeiros dias da gravidez. Hábitos não saudáveis devem ser abolidos, pois a vida que cresce dentro de você vale mais do que qualquer coisa neste mundo. Fique atenta! 1. Caso você seja uma apreciadora de café e chá, está mais do que na hora de reduzir a quantidade de ingestão destes líquidos. Ocorre que por possuírem cafeína, substância estimulante que atua no sistema nervoso, o chá e o café não são recomendados, já que a mãe pode passar esta substância para o feto. O risco da criança nascer com baixo peso justifica a contra-indicação. 2. A ingestão de álcool deve ser moderada. Ultrapassar os limites pode gerar riscos sérios à criança, tais como malformação faciais, retardamento mental e físico, além de problemas de comportamento. Será que vale à pena arriscar? 3. Fique longe de raios X. Não esqueça de avisar seu dentista, se estiver fazendo tratamento dentário, sobre a gestação. Ela saberá como agir. 4. Carne crua ou malpassada deve ser evitada pelo risco de estar infectada por parasitas. Para a mãe, a contaminação pode causar sintomas leves, mas o feto pode correr sérios riscos. Aborto espontâneo, parto prematuro, entre outros, são alguns dos riscos. 5. Aquela aspirina quando há dor de cabeça … esqueça! A automedicação está terminantemente proibida. 6. Sauna e banhos quentes relaxam, mas podem ser perigosos para o bebê. A elevação da temperatura do corpo pode aumentar as chances do bebê nascer com problemas no sistema nervoso central. 7. Fumar, apague esta idéia! São tantos os riscos, que não se pode entender o porquê de uma gestante fumar. Só para citar os riscos: aborto espontâneo, chances de nascer com baixo peso, bebês … 8. Gatos e cães são adoráveis, mas as fezes podem se transformar num risco para a gestante. A infecção por toxoplamose é o maior risco e, por isso, jamais limpe as fezes destes animais. Fonte: bebe2000

Deixe uma resposta