Tempo e fases de seu tratamento de ortodontia

O tempo de tratamento ortodôntico depende de vários fatores, como: biotipo,

 

 

O tempo de tratamento ortodôntico depende de vários fatores, como: biotipo, idade, sexo, tipo de má oclusão e vários outros fatores. Após a realização de exames complementares é possível fornecer uma previsão do tempo de tratamento para cada caso em particular. O seu tratamento de Ortodontia será dividido basicamente em três fases básicas: Instalação do Aparelho Manutenção Contenção Instalação do aparelho, em 5 passos: Primeiro, você deverá realizar a Documentação Ortodôntica em um Instituto Radiológico especializado. Esta parte é fundamental para a qualidade do seu tratamento, pois apenas em posse da Documentação Ortodôntica seremos capazes de diagnosticar com precisão o seu caso e, assim, oferecer-lhe a melhor solução; Em seguida, o Doutor lhe apresentará um informativo contendo: Diagnóstico resumido de seu caso, uma ou mais opções de tratamento, prognóstico do tratamento e orçamento para cada opção. Aprovado o tratamento, o paciente ou os responsáveis pelo paciente deverão preencher as fichas de autorização do tratamento e marcar as consultas de instalação do aparelho. O tratamento só poderá ser iniciado após a autorização. Este é um procedimento “de praxe”, indicado pelas mais respeitadas entidades de Ortodontia do nosso país e do mundo, e visa proteger tanto o profissional quanto o paciente. Em casos de aparelho removível, poderá ser necessária uma nova moldagem dos dentes do paciente para confeccionar o modelo chamado “de trabalho” será enviado para um laboratório de prótese para a confecção do aparelho. Por fim, faremos a instalação do aparelho, montando-o na sua boca, oferecendo-lhe toda a orientação necessária para você usá-lo corretamente. Nesta consulta serão feitos os ajustes iniciais do aparelho e será marcada uma nova consulta para algum ajuste que ainda seja necessário. No caso da montagem do aparelho fixo, serão necessárias algumas consultas para a instalação dos brackets (peças coladas aos dentes) e bandas (anel metálico que é colocado ao redor dos dentes de trás da boca).

 

Nos primeiros dias, é normal que o paciente estranhe um pouco o aparelho. Normalmente o prazo de adaptação inicial é de uma semana. Você poderá escolher sua cor preferida para o elástico do aparelho fixo ou a cor do aparelho removível e da caixinha aonde você irá guardá-lo. Instalado o aparelho, passaremos para a fase II: A Manutenção: Nesta fase é que o aparelho que foi instalado começa a funcionar. Você precisará comparecer ao nosso Consultório 1 a 2 vezes por mês. Mas cada visita sua será fundamental para vermos se tudo vai bem, para corrigirmos alguns detalhes do seu aparelho e fazer os ajustes necessários. Esperamos que todas as suas visitas sejam agradáveis e que a sua convivência com as pessoas da nossa equipe seja bastante gratificante! A Contenção: Após corrigida a posição dos dentes, é necessário mantê-los imobilizados durante um determinado tempo. Seu organismo formará osso em volta dos dentes que foram movimentados estabilizando-os em sua nova posição. A contenção é feita através de um aparelho removível instalado na arcada superior e um aparelho removível ou fixo na arcada inferior, dependendo do tipo de mal oclusão. O uso correto dos aparelhos de contenção é fundamental para manutenção dos resultados obtidos. O tempo de manutenção varia de paciente para paciente e depende do tipo de tratamento que foi executado, mas em média gira em torno de 6 meses o dia inteiro e 6 à noite para arcada superior. Na arcada inferior, a contenção pode precisar ficar de 6 meses até 5 anos no caso dos contensores fixos. Este tipo de contensor fica `colado` por trás dos dentes e não é visível por fora da boca. Alguns movimentos de dentes tem uma alta tendência a recidiva, ou seja, os dentes tendem a voltar a posição original e mesmo após removida a contenção alguns dentes podem mudar de posição. Fonte: Orthoneo

Deixe uma resposta