Transplante de cílios e sobrancelhas

Os cílios e sobrancelhas tem uma função de proteção dos olhos, ou seja,

 

 

Os cílios e sobrancelhas tem uma função de proteção dos olhos, ou seja, evitam a penetração de pequenas partículas como pó e grãos de areia. Mas a principal função nos humanos é ornamental. Eles fazem parte da anatomia da face juntamente com a linha anterior dos cabelos, nariz, lábios, mento e mandíbula. A ausência dos mesmos, gera uma aparência fora dos padrões da normalidade. A ausência ou rarefação pode ocorrer devido a: -ausência congênita – após trauma facial ( como queimadura, acidente automobilístico, alopecia por tração ) – após anos de depilação contínua – presença de um tumor de pele na região, que necessite de remoção cirúrgica, e conseqüentemente gere uma cicatriz – tricotilomania ( ato compulsivo de arrancar os pêlos do couro cabeludo, dos cílios, das sobrancelhas ou de qualquer outro local do corpo ) – doenças que geram perda de pêlos, como lupus eritematoso, líquen plano, infecção, e outras ) – após radioterapia ou quimioterapia. A técnica de transplante de unidades foliculares (fio a fio) permite a reconstrução de cílios e sobrancelhas, devolvendo ao paciente sua auto-estima, e um aspecto harmonioso da anatomia da face. Inicialmente, quando a técnica foi desenvolvida, a cirurgia era somente indicada nos casos de reconstrução.

 

Com a evolução da mesma, e a obtenção de resultados naturais, começou-se a indicar a cirurgia também para melhorar a estética destes locais, principalmente das mulheres que preferem os cílios bem longos e as sobrancelhas perfeitas. O transplante fio a fio também pode ser usado para melhorar o aspecto da maquiagem definiva, muito realizada para melhorar a estética de quem não tinha outra opção de tratamento.

A cirurgia consiste na retirada de uma pequena faixa de couro cabeludo como área doadora. Esta faixa vai para o microscópio, para serem confeccionadas as unidades foliculares de um fio. Então, trata-se a área receptora (cílios e sobrancelhas) fazendo-se micro-orifícios, utilizando agulhas específicas. Os fios transplantados cairão após alguns dias da cirurgia, porém as raízes permanecerão onde foram colocadas. Após 3 meses, inicia-se o crescimento definitivo dos mesmos. Como a área doadora é o couro cabeludo, a velocidade de crescimento dos fios é um pouco maior do que naturalmente ocorre com cílios e sobrancelhas, fazendo-se necessário o corte mensal dos mesmos, no comprimento desejado pela paciente. Também se faz necessário, no caso dos cílios, o uso de curvex ou permanente de cílios para se conseguir a curvatura natural dos mesmos. No pós-operatório pode ocorrer um pouco de prurido na região, que deve ser devidamente tratado, pois o ato de coçar pode deslocar os fios transplantados. Fonte: Clínica Muricy

Deixe uma resposta