Trate bem dos seus pés

O inchaço dos pés pode ser decorrente de líquidos

 

Você já pensou o que seus pés diriam no final de um dia cansativo? E o que eles falariam sobre sapatos apertados e saltos altos? Ao contrário de outros animais que distribuem seu peso sobre quatro patas, o ser humano tem duas pernas e dois pés que suportam todo o peso do corpo (peso este que, não raras vezes, está acima do recomendado). E, como se isto não bastasse, na maior parte do tempo, vivem escondidos em sapatos e botas que nem sempre oferecem o espaço e o conforto que precisam. Resultado: transpiração excessiva (que pode provocar cheiros desagradáveis), calos, calosidades, inchaços, unhas encravadas e frieiras. No inverno, a situação piora, pois, depois de passar meses aproveitando o frescor das sandálias, os brasileiros se vêem obrigados a usar meias, botas e tudo que faça os pés ficarem quentinhos, tornando-os, portanto, mais sujeitos a micoses. Por isso, é bom prestar atenção em algumas dicas e tratar muito bem destes amigos que nos levam para qualquer lugar que queiramos. DICAS 1. Use sapatos da moda, com saltos altos e bico fino, apenas em festas e locais que exijam maior elegância.

 

No dia-a-dia, procure usar sapatos bem confortáveis com saltos de até quatro centímetros (não prejudicam a coluna, nem incentivam o aparecimento de varizes). 2. Se você tem calos, para aliviar a dor amasse uma cebola ou um dente de alho e aplique sobre o local, deixando por bastante tempo. Além disso, após o banho, você pode friccionar uma pedra-pomes ou uma lixa sobre a calosidade (isso diminuirá seu volume consideravelmente). 3. O inchaço dos pés pode ser decorrente de líquidos retidos. Neste caso, use diuréticos naturais como chá de salsa. Compressas ou envoltórios com hamamelis e com folhas de gerânio caseiro também são eficazes. 4. Sempre que possível, caminhe descalço sobre areia, grama ou lama. 5. Para eliminar a fadiga, faça um escalda-pés alternando água fria e água quente, terminando na água fria. 6. Antes de deitar-se, faça exercícios com os pés (movendo todos os dedos e girando o tornozelo em movimentos circulares) e faça massagens diárias. 7. Mantenha as unhas sempre cortadas, curtas e quadradas, evitando que encravem. 8. Após o banho, seque bem os pés e entre os dedos, pois a umidade incentiva o aparecimento e proliferação de fungos e bactérias que podem se transformar em micoses. Além disso, não dispense o uso de um talco para os pés. 9. Use sempre meias de algodão: elas evitam o aparecimento de odores desagradáveis, além de prevenir a micose. As meias de tecido sintético são as principais responsáveis pela micose de inverno, pois fazem os pés suarem. Fonte: saudeinformacoes

Deixe uma resposta