Aprendendo a comer mais salada

Utilize a salada como prato único colocando sua proteína (frango, peito peru, atum, ovo cozido, queijo), seu carboidrato…

 

Enquanto sua salada for composta por algumas grandes folhas de alface que ocupam todo o prato e rodelas de tomate não o culpo por não se sentir motivado a comer salada. Para ter prazer com a salada é preciso um pouco de criatividade e disposição: 1. Compre vegetais diferentes, “por exemplo”, compre um repolho roxo e rale junto cenoura, coloque uma maçã e tempere com azeite de oliva, aceto balsâmico e pimenta do reino. 2. Utilize a salada como prato único colocando sua proteína (frango, peito peru, atum, ovo cozido, queijo), seu carboidrato (grão de bico, milho, pão integral torradinho, arroz integral cozido e frio) e gordura (azeite, molho de salada, pasta de queijo ou tofu) junto com os vegetais. Desta forma certamente comerá vegetais com mais prazer. 3. Uma forma de aumentar o prazer da salada é acrescentar frutas a ela – manga com rúcula fica ótimo. Maçã dá uma crocância a qualquer salada e alguns pedacinhos de laranja deixam as folhas mais apetitosas – alface, agrião, tomate, laranja, sal e orégano. Algumas passas de uva ou damascos picados podem dar um toque bem exótico. 4. Inclua vegetais cozidos caso não goste muito dos crus, eles podem facilitar o consumo de outros: vagem fica ótima com cebola e tomate, brócolis e couve-flor combinam com pimentão e alface temperados com molho de mostarda. Chuchu com tempero verde, ovo cozido picado acompanha muito bem folhas verdes e brotos temperados com molho shoyu.

 

5. Aproveite o arroz integral que sobrou do almoço e faça uma deliciosa salada incluindo cenoura crua ralada, pepino japonês ralado ou fatiado, algumas flores de brócolis, uma lata de atum, azeite de oliva, orégano. Uma outra salada que fica bem gostosa é feita com macarrão cozido e frio tipo penne ou fusili, aonde pode ser acrescentado cenoura picada, tomate sem semente picado, pimentão, azeitonas e um molho à base de iogurte ou maionese. 6. Uma opção fácil e rápida de preparar é uma salada de grão de bico, colocando palmito picado, ervilha, cenoura, pepino em conserva, peito de peru e damascos picados. 7. Enrole algumas folhas de alface e corte em tirinhas, desta forma fica mais fácil se servir e se come mais quantidade de vegetal cru. Sobre estas tirinhas coloque algumas folhas de rúcula rasgadas, espalhe alguns cubos de tomate, algumas azeitonas, uma laranja cortada em cubos. Em uma tigela, coloque uma colher de azeite de oliva, um pouco de orégano, alecrim e manjericão. Reserve. Corte um queijo de soja (tofu) ou queijo minas em cubos e passe por este azeite temperado. Coloque os cubos de queijo sobre esta salada. Fica uma delícia. 8. Mas aqui vai a dica mais importante: para comer vegetais crus e folhosos, é preciso conhecer os benefícios proporcionados por estes, e é incluindo todos os dias em suas refeições ou dentro dos sanduíches que este conhecimento virá. Através de uma pele mais bonita, de um intestino funcionando normalmente, mais disposição ao acordar e muitos outros… Para que isto aconteça é preciso começar porque depois de começar, nosso corpo é tão sábio que sentirá falta quando não tiver salada na mesa. Maribel – Nutricionista www.maribel.com.br

Deixe uma resposta