Conheça algumas versões da escova progressiva

As versões da escova progressiva mais

 

O mercado da beleza revolucionou a escova progressiva. Atualmente, já é possível encontrar no mercado produtos eficientes para alisar os cabelos que já passaram por coloração, descoloração ou relaxamento. Porém, antes de iniciar esse tratamento, os cabeleireiros fazem uma análise dos ativos químicos que restam nos fios, com o teste da mecha, para avaliar a resistência e também a elasticidade do cabelo. Após essa análise, é possível iniciar a transformação utilizando o procedimento correto, ou seja, um novo tratamento com princípios ativos que garantam um resultado eficaz e não agridam os fios. As versões da escova progressiva mais utilizadas no momento são a Escova à Francesa, a Escova de Chocolate e a Escova de Leite, esta última, inclusive, lançada recentemente na Beauty Fair 2006. A Escova à Francesa tem como principal finalidade controlar o volume dos cabelos, deixando-os disciplinados, sem frizz e com movimento natural. O tratamento ainda proporciona maciez, brilho intenso e deixa os cabelos fáceis de cuidar no dia-a-dia. “Apesar das novidades em escovas progressivas no mercado da beleza, a Escova à Francesa continua sendo campeã na procura. Esse tratamento é indicado para quem busca variar a textura do cabelo, entre liso, ondulado ou parcialmente ondulado, pois reduz nitidamente o volume dos cabelos e facilita a rotina da mulher nos cuidados com a aparência”, diz Silvana Fernandes, cabeleireira e especialista em escovas progressivas.

 

O produto é adquirido pelo nome Non Frisé e está disponível em duas versões, uma com 0,2% de formol e a outra sem formol. A opção com 0% de formol pode ser usada em crianças e gestantes. “A freqüência sugerida para cada nova aplicação varia de 15 a 20 dias, dependendo da estrutura do fio”, afirma a cabeleireira. Na composição da Escova à Francesa estão incluídos aminoácidos e emulsões de silicone que garantem a redução do volume e impedem que as moléculas de proteínas doadas à fibra capilar se percam no enxágüe. Já a Escova de Chocolate é uma evolução da progressiva, com a inclusão do cacau para intensificar o tratamento e a hidratação dos fios. O cacau é rico em ácidos graxos, que fornecem nutrição aos fios recuperando-os dos agentes químicos ativos na fórmula do tioglicolato de amônia. A essência do cacau conseguiu eliminar 90% do odor forte e desagradável de amônia na química. “Realmente o que predomina na escolha das clientes por essa alternativa de relaxamento e alisamento é o aroma. As clientes enlouquecem com o cheiro. Além disso, esse tratamento proporciona brilho e sedosidade aos fios”, ressalta a especialista. Na finalização da aplicação do produto, é necessário o uso do secador e da chapa para que a queratina penetre fundo nos fios e isso só é possível com bastante calor. A duração da Escova de Chocolate varia de pessoa para pessoa, pois depende de fatores como o tipo de cabelo e a velocidade de seu crescimento. Mas, em média, o efeito final dura cerca de dois meses. Também eficiente, a Escova de Leite é indicada para cabelos cacheados e ondulados. Com o leite e a manoetanolamina, esse tratamento oferece uma hidratação orgânica e trata os fios com elementos naturais. O leite é eficaz no cuidado com os fios e a manoetanolamina é o ativo necessário para o alisamento. “Toda novidade atrai a atenção das clientes e a Escova de Leite está em alta nos salões de beleza. O ponto forte desse tratamento físico-químico é o leite, pois é rico em fontes de cálcio”, concluiu Silvana. Para finalizar o processo da Escova de Leite é indispensável o uso do secador e da chapa. Além desses três tipos de tratamento, o mercado da beleza já aposta em novas versões de Escova Progressiva, como a Escova de Morango e a Escova de Maracujá, novidades que prometem fazer a cabeça das mulheres adeptas do cabelo liso. Fonte: taiff

Deixe uma resposta