Cuidados com a pele e cabelo na gravidez

Os cuidados da pele neste período consistem em lavar a face com sabonete neutro e utilizar um filtro

 

A gravidez influencia muito no cabelo e na pele. Ela causa um aumento de progesterona no organismo, que pode ocasionar aumento das pintas, manchas escuras (melasma), manchas vermelhas (telangectasias) e acne. Os cuidados da pele neste período consistem em lavar a face com sabonete neutro e utilizar um filtro solar potente. Não se usa ácido retinóico e glicólico na gravidez, apesar de estudos modernos mostrarem que a absorção deles pela pele seria mínima, e que na verdade não haveria nenhum risco. Como precaução, usamos na gravidez apenas o ácido azelaico que melhora as manchas, a acne e comprovadamente não prejudica o feto. Geralmente os cabelos são muito beneficiados na gravidez. A queda de cabelo normal diária é de cem fios. Durante a gravidez, a progesterona diminui a queda de cabelo e ele costuma ficar mais bonito e volumoso. Cerca de três meses após o parto, mais ou menos 40% de todas as matrizes do cabelo entram juntos na fase de repouso, o que leva a uma queda intensa mas que normaliza-se em quase todas as mulheres após um ano. No entanto, quando há uma predisposição genética para a calvície, ela pode não se normalizar totalmente, e a paciente deverá procurar seu dermatologista para tratamento logo após o parto. O uso de tinturas do cabelo na gravidez é controvertido. Cientistas discutem uma associação entre abortos espontâneos e certas substâncias contidas em tinturas e alisantes de cabelo. Por via das dúvidas, devem ser evitadas pelo menos nos três primeiros meses de gravidez. Após este período, libera-se os tonalizantes e a hena, que são eliminados após poucas lavagens. A formação de estria é muito constitucional. Algumas pessoas quase não engordam e desenvolvem muitas estrias. No entanto, as orientações preventivas básicas são ganhar o mínimo possível de peso e usar bastante hidratantes a base de uréia, óleo de amêndoas doce e óleo e uva nas regiões propensas como abdomen, quadril e seios , e que logo após o parto procure o dermatologista para tratamento com ácido retinóico. As varizes também ocorrem mais. Usar meias elásticas e engordar pouco ajudam na sua prevenção. Cristina Mansur é dermatologista, professora e chefe da disciplina de Cosmiatria do Serviço de Pós-Graduaçao em Dermatologia da UFJF. Fonte: www.gestantesonline.com.br

Deixe uma resposta