Fatores de risco cardíaco

Existem dois tipos de fatores de risco coronariano

 

Existem dois tipos de fatores de risco coronariano, o primeiro independe de nossa vontade e outro que chamamos de reversível. 1- Não mutáveis: Hereditariedade, está provado que caso de ataque cardíaco na família aumenta o seu risco de ter problemas cardíacos. Idade é o segundo fator que não podemos mudar, o risco aumenta progressivamente com a idade. E por último o sexo, as mulheres antes da menopausa estão menos sujeitas aos ataques do coração. 2- Mutáveis: – Colesterol e gorduras sanguineas:

 

Existem 3 tipos de colsterol, chamados de frações LDL e VLDL cujo aumento pode causar depósitos nas artérias obstruindo o fluxo sanguineo, a fração HDL é o colesterol que protege nossas artérias, sua diminuição é prejudicial. – Triglicerides: É outro tipo de gordura, que é também fator de risco níveis abaixo de 200 mg/ dl são normais. – Fumo: Fora as doenças que o cigarro causa nos fumantes crônicos, o cigarro aumenta a incidência de doença coronariana em 2 a 3 vezes. – Hipertensão arterial: A hipertensão arterial na maiora das vezes é assintomática, causando danos irreversíveis sobre nosso organismo, principalmente sobre o coração e cérebro. – Diabetes: a taxa de glicose aumentada no sangue é mais um fator de risco . – Estresse: O estado emocional e a sobrecarga de trabalho pode causar danos coronárianos. – Exercícios: O bom condicionamento físico faz a queda das gorduras sanguineas, diminue o estress, baixando o risco cardíaco. Para um completo perfil de seu risco cardíaco sugerimos um check up completo a cada ano, com teste de esforço em esteira e com programa de exercícios de acordo com o exame realizado, sob a orientação de um cardiologista. Fonte: Clínica Valinhos

Deixe uma resposta