O dia do parto

Este é um texto introdutório de exemplo para visualização do novo Site Médico. Em breve, totalmente reformulado.

Após meses de espera, finalmente você poderá ver o rostinho do seu bebê. A apreensão neste momento é normal, mas saiba que quanto mais relaxada e confiante você estiver, melhor será o seu parto. Fique atenta aos sinais de que chegou a hora para que não confunda as contrações das últimas semanas, com as contrações do parto. Sinais O tampão que bloqueia o colo do útero sairá da vagina com uma coloração similar a do sangue. Espere até sentir as dores características do trabalho de parto, pois muitas vezes o tampão cai dias antes do parto. O rompimento da bolsa, quando um jato de água escorre, é o sinal esperado para que você se encaminhe até a maternidade. Neste momento, ligue imediatamente para o seu médico e o informe sobre possíveis contrações. Quando as contrações começarem, marque o tempo de seus intervalos. A medida em que ficarem menos espaçados, mais fortes e frequentes, você estará em trabalho de parto. No caso de contrações a cada cinco minutos, ande devagar, tome um banho morno para relaxar (se a bolsa não tiver rompido). Ao chegar ao hospital, um médico deverá fazer exames de rotina, verificará a sua ficha médica e perguntará sobre a freqüência das suas contrações. Após vestir a roupa do hospital, a enfermeira medirá a pressão arterial, temperatura e pulsação e, o médico, provavelmente fará um exame de toque para verificar a dilatação do colo do útero. O bebê também deverá ser examinado, através do apalpe da barriga e com a avaliação do batimento cardíaco, realizado com um estetoscópio de Pinard ou um sonar. Este exame é importante para avaliar se o bebê está recebendo a quantidade de oxigênio adequada e suficiente durante as contrações. O pai da criança tem papel fundamental neste momento. Durante as contrações, procure dar apoio e carinho à sua mulher, lembre-a das técnicas de respiração, massageie as costas dela, dê-lhe água, apoie suas solicitações e jamais se magoe se ela se irritar com você. O nervosismo dela é normal. Na hora do parto respire da forma indicada pelo médico,concentre-se nesta respiração, confie e siga todas as orientações dos especialistas. Boa sorte! Fonte: bebe2000

Deixe uma resposta