Qual é a importância de um corpo sadio?

 

Seu corpo pertence a Deus, que o deu a você para que cuidasse dele, como um veículo para carregar sua alma durante a vida. Assim como você não prejudicaria outra pessoa, como não feriria nada que D’us tenha criado, não deve prejudicar seu próprio corpo.

É seu dever alimentar-se bem, repousar, manter-se em forma, e tratar seu corpo com respeito em todos os aspectos. A saúde física não é arbitrária ou opcional; é parte da sua responsabilidade com D’us. Por outro lado, cultuar o corpo é destrutivo. O corpo é um veículo para a alma; seu valor reside nisso, não como um fim em si mesmo. Muitas pessoas atualmente são conscientes da saúde. Entendemos que permanecer saudável nos faz sentir melhor, e prolonga nossa vida. Percebemos que quando somos sadios, podemos nos concentrar na família e no trabalho, e em outras coisas que são importantes para nós. Porém o mais importante é que um corpo saudável permite que você se concentre em sua alma, cumpra sua Divina missão neste mundo e tenha uma vida significativa.

O que é boa saúde? A boa saúde é muito mais que um corpo físico que funciona adequadamente, muito mais que uma temperatura de 36,5 graus, ou uma pressão de 12 por 8. A boa saúde é uma alma sadia num corpo sadio. A medicina moderna começa a descobrir os dramáticos efeitos que o espírito da pessoa pode ter no processo de cura. As pessoas com espírito otimista, saudável, por exemplo, possuem um sistema imunológico mais forte; psicologicamente, também, estamos aprendendo cada vez mais que a saúde física é diretamente afetada pela fé em D’us. De modo contrário, até uma pequena falha no espírito provoca um profundo defeito no corpo. Assim como o corpo é nutrido por determinados alimentos, a alma precisa de nutrição espiritual.

Esta nutrição inclui uma conscientização da própria missão na vida e uma percepção de D’us, que nos concedeu as habilidades para cumprimos esta missão. Uma alma sadia se conecta a D’us por meio do estudo, da prece e de atos virtuosos; à medida que você cumpre suas obrigações morais e espirituais, sua alma é alimentada com energia Divina, assim como o seu corpo é nutrido com energia material através do processo de digestão. O relacionamento entre corpo e alma Embora tenhamos médicos, a responsabilidade de cuidar do nosso corpo e alma recai primeiramente sobre nós mesmos. A princípio, obviamente, a medicina preventiva é a melhor opção; isso inclui reconhecer a causa de um problema e não apenas seus sintomas.

A comunidade médica está apenas descobrindo aquilo que a Torá sempre ensinou; que identificar a raiz de um problema e explicá-la a uma pessoa pode ajudar a evitar o problema, ou a curá-lo logo no início. Quando seu corpo ou alma protestam, reconheça os sintomas por aquilo que são: um pedido urgente para que você cuide de suas necessidades, sejam elas físicas ou espirituais. Da próxima vez que você se exercitar e se sentir energizado, perceba que está restaurando uma peça preciosa da propriedade de D’us. Quando respirar profundamente, ou fizer uma refeição saudável, entenda que está investindo em algo de valor. Mas lembre-se também que a saúde do seu corpo depende da saúde de sua alma. E é sua responsabilidade alimentar a ambos. Quando seu corpo ou alma protestam, reconheça os sintomas por aquilo que são: um pedido urgente para que você cuide de suas necessidades, sejam elas espirituais ou físicas.

Todos os aspectos de sua saúde física têm um componente espiritual. Quando você come, deve reconhecer que a comida não é uma simples indulgência, mas tem a finalidade de gerar a vitalidade necessária para levar a uma vida de boas ações. Quando você vai dormir com um humilde reconhecimento de Deus e uma séria avaliação das suas atividades daquele dia, a alma pode beber das águas regeneradoras espirituais do sono. Desempenhamos um papel importante em facilitar o processo de cura nos outros. É por isso que devemos visitar os doentes. Além do fato de que esta é uma obrigação moral óbvia, visitar uma pessoa enferma mostra a ela que é importante, portanto aumenta sua confiança e esperança. Isso, por sua vez, ajuda a fortalecer sua determinação de se curar.

Deixe uma resposta