Saúde sexual masculina

Evitar calças e cuecas excessivamente apertadas que levam a

 

As respostas sexuais dependem de um equilíbrio da mente e corpo, ou seja, corpo sadio e mente sã é sinônimo de felicidade sexual. Os cuidados com a pele, com os dentes, com os cabelos são importantíssimos no jogo da atração e do amor. Mas não podemos esquecer das partes do nosso corpo que ficam geralmente escondidas sob as roupas, e que na hora do encontro sexual devem estar saudáveis para uma completa satisfação dos parceiros e a não transmissão de doenças. Veja a seguir um resumo dos cuidados a serem tomados: Pênis 1-Higiene: lava o pênis com água e sabonete duas vezes ao dia é indispensável; 2-Cortar o excesso de pelos desta região para não ferir a glande quando estes ficam enroscados nela evitando ferimentos locais; 3-Enxugar o pênis após urinar com papel higiênico evita que restos de urina fique na pele e provoque inflamações (principalmente para quem tem excesso de pele); 4-Lavar a mão antes de urinar é importante e evita doenças, pois o pênis está limpo e a mão pode estar contaminada; 5-Lavar o pênis antes e logo após a relação sexual, pois a secreção vaginal pode provocar irritações e inflamações se permanecer no membro por muito tempo; 6-Escolha bem a sua parceira sexual para evitar doenças sexualmente transmissíveis; 7- Use a camisinha, que é uma barreira mecânica entre germes e a pele do seu pênis; Escroto 1- Evitar calças e cuecas excessivamente apertadas que levam a traumas contínuos na pele do escroto e nos testículos;

 

2- Não ficar apertando pequenas espinhas ou cistos (caroços) na pele do escroto, pois podem infeccionar e causar sérios problemas locais; 3- Higiene local aprimorada e enxugar bem para evitar assaduras; 4-Usar cuecas de preferência de algodão para evitar alergias a outros tecidos que provocam aquela coceira gostosa de início e incontrolável depois, além de possíveis infecções locais pelos traumas das unhas na pele. Testículos Estes produzem os espermatozóides e o hormônio mais importante na esfera sexual masculina que é a testosterona. A prevenção da saúde dos testículos é sem dúvida a manutenção de uma boa resposta sexual. 1-Também aqui os traumas locais como calças, cuecas apertadas e contusões em brincadeiras de mau gosto além dos traumas esportivos podem afetar a fertilidade masculina e às vezes a própria produção da testosterona. 2-Também é importante o auto-exame dos testículos para detectar qualquer anormalidade local. Pequenos tumores ou cistos devem ser vistos por um urologista de imediato para fazer a prevenção do câncer de testículo.Você deve se examinar e conhecer cada detalhe do seu corpo. De maneira geral, faça a cada 15 dias um exame geral em seus genitais. Pegue um bom espelho, e examine cada centímetro do seu períneo (região genital), do pênis, do escroto e no caso de verifica: – verrugas, bolhinhas, ferimentos, manchas,microorganismos ou qualquer coisa grudada nos pelos, secreção branca,amarelada ou esverdeada no canal do pênis, consulte seu urologista o mais breve possível para tirar a sua dúvida. Quanto mais precoce qualquer tratamento, mais fácil a cura.A prevenção é o caminho para a saúde. Fonte: isexp

 

Deixe uma resposta